As Lomas de Lachay em Lima

Lima tem várias colinas, formações montanhosas próximas ao oceano, onde a umidade transforma sua geografia em um ambiente natural repleto de flora e fauna. Lachay são talvez as colinas mais famosas de toda a região. Esta reserva nacional é protegida pelo Estado do Peru e está localizada a 97 quilômetros da cidade de Lima. Aprenda como ir, quanto custa a visita e todos os detalhes desse atrativo turístico natural.



Lachay, o oásis das brumas

As Lomas de Lachay oferecem uma das rotas de fuga favoritas dos cidadãos de Lima. Os morros são conhecidos como um 'oásis de névoa' porque a cobertura de nuvens do mar chega até lá, inundando tudo de névoa e vegetação exuberante.

Lachay é na verdade um deserto. Porém, como resultado da umidade turva, existe um imenso número de plantas, flores, árvores e, conseqüentemente, animais, pássaros e insetos.

Devido a toda essa riqueza de flora e fauna, em 1977 foi criada a Reserva Nacional Lachay, uma área de 5.070 hectares protegida pelo Estado peruano.

Este oásis no deserto é repleto de vegetação durante os meses de maio a outubro. Nesses dias, muitos turistas (principalmente da cidade de Lima) vêm para apreciar suas belas paisagens e seu verde sem fim.

As autoridades estabeleceram áreas específicas como 'O circuito da raposa', o 'O circuito de perdizes', o 'O circuito de tara'; onde você pode ver essas espécies de flora e fauna. Além disso, o local possui um lindo mirante e uma área para camping. Da mesma forma, os morros possuem puquiales (fonte de água de nascente) produto da umidade condensada pelas plantas.

Lachay também possui um centro de interpretação que investiga a flora e a fauna do lugar. As visitas são permitidas desde que as pessoas protejam e preservem a beleza natural do local.

Em suma, é uma das rotas de fuga preferidas pelo povo de Lima junto com Marcahuasi, a floresta de pedra .

Onde ela está localizada?

As Lomas de Lachay estão localizadas no chamado 'Norte Chico' de Lima, a 97 quilômetros por estrada.

Pertence ao distrito de Huacho, província de Huaura, no quilômetro 105 da Panamericana Norte.

Como chegar lá?

Para visitar as Lomas de Lachay você pode contratar um tour que inclui serviço de transporte. Outra opção é ir por conta própria com um transporte particular.

Para chegar às Lomas de Lachay com transporte público, você deve seguir o seguinte trajeto:

Mapa do site

O que ver nas Lomas de Lachay?

As Lomas de Lachay apresentam um ambiente natural repleto de vegetação onde também se destacam formações rochosas e uma variedade de flora e fauna.

Em Lachay você pode fazer caminhadas incríveis onde existem espécies como raposas, perdizes e muito mais.

O circuito da raposa - caminhada de 20 minutos em uma paisagem ao longo de encostas de pedra cercadas por vegetação. Lá é comum ver a raposa costeira que costuma consumir carniça, carne de pequenos animais além de frutas e vegetais. Lá também é possível ver formações rochosas produto da erosão.

O circuito de perdizes - caminhada de 2 horas rodeada por paisagens de abundante vegetação onde é comum apreciar a perdiz, ave não migratória que gosta de passear as estradas se alimentando de sementes. Durante o percurso, outras espécies de aves também são apreciadas. A parte mais alta desta rota está na colina 'Alto Capilla', onde existem as famosas redes 'apanhadores de névoa'.

O circuito de tara - caminhada de 1 hora onde, entre várias espécies de árvores e arbustos, se destaca a tara, árvore valorizada por ser fonte de forragem para animais bem como prata ornamental. Em Lachay eles fornecem sombra para os visitantes (pode atingir até 5 metros de altura). Neste circuito há um grupo de pinturas rupestres e também os famosos puquiales.

O circuito do miradouro - caminhada de 20 minutos que leva a um mirante de onde você tem uma vista espetacular de todo o ambiente natural de Lachay. É nesse ponto que a maioria dos visitantes decide acampar.

Flora

Durante a estação do nevoeiro em Lachay, sobressaem as espécies com grande capacidade de captar a humidade do nevoeiro e do ambiente. São eles: a tara (Caesalpinia espinosa), o mito (Carica candicans), o huarango (Acacia macracantha), o palito de dente (Capparis Prisca), eucalipto (Hymenocallis amancaes), amancay (Alstroemeria aurea) e mais.

Fauna

O que mais se destaca em Lachay são os pássaros. No local, já foram identificadas 66 espécies, entre elas: o grande harrier (Geranoaetus melanoleucus), o peneireiro (Falco sparverius), a cesta de cactos (Asthenes cactorum), o pampero de bico grosso (Geositta crassirostris) e, os mais famosa do lugar, a perdiz da montanha (Nothoprocta pentlandii).

Entre as espécies de mamíferos, a mais proeminente é a raposa costeira. Existem também morcegos, ratos de orelhas compridas, o gato da grama e cerca de 15 espécies de peixes de rio.

A época do ano em que você deve ir

As Lomas de Lachay têm uma geografia costeira desértica com formações montanhosas. No entanto, durante os meses de maio a outubro, o local se enche de vegetação graças às abundantes neblinas do Oceano Pacífico. Esses meses são a época do ano em que a maioria dos turistas visita as montanhas.

Como acampar em Lachay

Embora seja possível fazer o passeio pelas Lomas de Lachay em apenas um dia, a maioria dos visitantes prefere acampar.

O ingresso oferece a possibilidade de passar até 3 dias nas Lomas de Lachay. Ressalta-se que o local possui todos os serviços básicos como: área de camping, serviço de lavabo, churrasqueira, refeitório, serviço de telefonia pública e até estacionamento de veículos.

Para acampar, você deve fazer um pagamento único de 20 soles peruanos (para adultos) e 6 soles peruanos (para crianças).

Taxa de entrada

O preço do ingresso é o seguinte:

Horário de visita

O horário de atendimento é de segunda a domingo, das 8 da manhã às 5 da tarde.

O clima

A geografia de Lachay tem um clima sazonal com uma estação chuvosa repleta de vegetação e também uma estação seca e árida.

A estação chuvosa vai de maio a outubro. As temperaturas nesses meses podem chegar a uma temperatura média de 14ºC. Nesta temporada a umidade pode chegar a 100%. A estação seca vai de novembro a abril. Nesses meses a temperatura pode chegar a 22ºC.

Galeria de fotos

Lomas de Lachay - Lima
Lomas de Lachay - Lima
Lomas de Lachay - Lima
Veja mais fotos de viajantes

Mais informação

Poucos turistas visitam as Lomas de Lachay na estação seca (de novembro a abril). Se você vier nesses meses, irá apreciar as florestas secas sob calor radiante e vegetação esparsa.

Em Lachay existem evidências arqueológicas da presença de várias culturas do antigo Peru: Chavín, Tiahuanaco, Mochica, Chimú, Chancay e até mesmo os Incas. Durante a época colonial, as colinas perderam grande parte de sua vegetação devido ao pastoreio do gado. Nos séculos seguintes, o desmatamento causou mais estragos.

Deve-se notar que a apenas 76 quilômetros de Lachay está a cidade sagrada de Caral, um dos sítios arqueológicos mais importantes do Peru.

Em 1977, os morros Lachay foram declarados área natural protegida pelo Estado peruano, o primeiro do país.

Durante sua visita às Lomas de Lachay, não se esqueça de levar calçados de trekking, roupas confortáveis ​​(preferencialmente esportivas), câmera fotográfica, equipamentos de camping, saco de dormir, lanches, bebidas reidratantes, dinheiro, documentos e itens pessoais.

Nas Lomas de Lachay é estritamente proibido danificar a vida selvagem de plantas, árvores, pássaros e animais. Ao longo do percurso existem lixeiras onde deve-se deixar o lixo. É proibido jogar lixo no local.

Atracções turísticas perto de As Lomas de Lachay em Lima

Marcahuasi em Lima

Marcahuasi fica na Serra de Lima. Oferece uma misteriosa floresta de pedras com figuras como o ‘Monumento à humanidade’. Muitos gostam de acampar lá.

Marcahuasi em Lima

Huancaya em Lima

Huancaya fica a 232 quilômetros de Lima. Possui incríveis paisagens das montanhas do Peru. Destacam-se as cachoeiras Cabracancha e a floresta do amor.

Huancaya em Lima