O que fazer gratuitamente em Arequipa?

Arequipa é uma das cidades mais turísticas do Peru. O centro histórico da cidade abriga alguns dos pontos turísticos mais visitados. Muitos deles são gratuitos para todo o público. Para conhecê-los, basta caminhar e desfrutar de sua história, arquitetura e paisagens encantadoras. Saiba mais sobre alguns dos destinos gratuitos da ‘cidade branca’, sua localização, história e muito mais.

Arequipa
Praça principal de Arequipa


O mercado de San Camilo

Mercado de San Camilo
Mercado de San Camilo – Arequipa

Este mercado popular é o mais antigo e diverso da cidade de Arequipa . Sua história remonta ao devastador terremoto de 1868 que destruiu a igreja de San Camilo. Desde então, o local serviu de escola e hospital militar até o início da construção da feira de alimentos em 1938, a maior da cidade até então.

O mercado oferece uma grande variedade de produtos como frutas, verduras, laticínios, carnes, utensílios e até artesanato. Até hoje estão as esculturas do Senhor do Perdão, São Pedro e São Camilo. Todo dia 14 de julho, esta imagem do santo desfila pelas ruas da cidade até retornar ao mercado.

O mercado é visitado diariamente tanto por moradores locais quanto por turistas peruanos e estrangeiros. Além de servir como centro de alimentação, a feira oferece uma experiência cultural ao mostrar os costumes e tradições de Arequipa, como sua deliciosa culinária.

  • Localização: Rua San Camilo (apenas 700 metros da Praça principal).
  • Horário de atendimento: das 6 da manhã às 8 da noite.
  • Custos opcionais: os menus custam aproximadamente 10 soles peruanos.

O Miradouro de Yanahuara

Mirador de Yanahuara
Miradouro Yanahuara – Arequipa

O mirante Yanahuara oferece uma das melhores vistas do famoso vulcão Misti, símbolo da cidade de Arequipa. É um dos locais mais fotografados pelos visitantes. Além do ‘Misti’, você pode ver os vulcões Chachani e Pichu Pichu. Embora a maioria das pessoas o visite em um ‘City tour’, também é possível fazer por conta própria, sem nenhum custo.

A construção do miradouro data do século XIX. É uma construção composta por vários arcos feitos da famosa pedra de silhar vulcânica. Em sua fachada estão gravadas citações de pessoas famosas da história do Peru. Seu nome deve-se ao fato de estar localizado no tradicional bairro de Yanahuara, a poucos passos do centro da cidade.

Atualmente o mirante é visitado por centenas de turistas. Ao seu redor existem serviços turísticos como cafés, restaurantes e até alojamentos. A visita é gratuita para todo o público. A foto ali é obrigatória na viagem a Arequipa.

  • Localização: Rua Miguel Grau, Yanahuara (cerca de 2 quilômetros da Praça principal).
  • Horário de visita: aberto todo o dia.
  • Custos opcionais: o moderno mirante de vidro de Yanahuara tem um custo de 35 soles para peruanos e 50 soles para estrangeiros.

A Praça Principal de Arequipa

Arequipa
Praça principal – Arequipa

A praça principal de Arequipa é uma das mais bonitas e espaçosas de todo o Peru. Sua história remonta à fundação da cidade, em 15 de agosto de 1540. A partir daí teve início o planejamento e a construção. A contínua remodelação resultante dos fortes terramotos fez com que alguns aspectos da praça se alterassem até atingir a sua forma actual no final do século XX.

O centro do turismo em Arequipa está em sua ampla praça com arcos laterais, sua fonte de água com o famoso ‘turututu’ e também suas frondosas árvores. Em frente à bela e imponente elevação a Catedral. Nas proximidades existem lojas de artesanato, cafés, restaurantes e muito mais.

A praça é vigiada 24 horas por dia. Há comemorações pelo aniversário da cidade (15 de agosto), carnavais de Arequipa (domingos de fevereiro), Semana Santa e muito mais. A maioria dos alojamentos turísticos estão localizados no centro histórico da cidade. Ou seja, muito perto da praça.

  • Localização: praça principal, centro histórico de Arequipa s/n.
  • Horário de visita: aberto todo o dia.
  • Custos opcionais: o passeio pela praça e outras atrações turísticas em um ‘City tour’ custa aproximadamente 60 soles peruanos.

A Catedral

Catedral de Arequipa
Catedral de Arequipa

Após a fundação de Arequipa em 1540, os espanhóis ordenaram a construção de templos religiosos que iriam impor a religião cristã na cidade. De todos esses templos, sem dúvida, o mais impressionante é a Catedral, localizada bem em frente à Praça principal. É um dos monumentos arquitetônicos mais visitados e fotografados da ‘Cidade Branca’.

A sua construção inicia-se no final do século XVI. Porém, devido aos fortes terremotos que ocorreram ao longo de quatro séculos, suas estruturas tiveram que ser modificadas para adotar sua forma atual em meados do século XX. Atualmente possui uma arquitetura renascentista composta por três naves cujas três fachadas têm até 70 colunas coríntias.

No interior da Catedral estão expostas peças de arte e objetos litúrgicos de grande valor histórico e económico por serem confeccionados com pedras preciosas. A Catedral é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO por fazer parte do centro histórico da cidade. É feito de silhar, a pedra vulcânica mais famosa de Arequipa.

  • Localização: praça principal, centro histórico de Arequipa s/n.
  • Horário de visita: aberto todo o dia.
  • Custos opcionais: a entrada para o museu da Basílica da Catedral custa 10 soles peruanos.

A Igreja da Companhia de Jesus

Compañia Jesus Arequipa
Igreja da Companhia – Arequipa

No centro histórico de Cusco, em um dos cantos da Praça principal, ergue-se alta e histórica a igreja da ordem dos Jesuítas. Este edifício data do final do século XVI. Sua arquitetura apresenta um estilo barroco em que se destaca sua bela fachada com relevos de animais, plantas e figuras do cristianismo. O templo também é feito com a famosa pedra de silhar.

O interior da igreja também abriga algumas das notáveis ​​obras de arte barroca, como: o púlpito principal, o conjunto de três retábulos, dezenas de telas da chamada ‘escola de pintura de Cusco’ e outros utensílios utilizados na a liturgia decorada com pedras preciosas.

Embora a igreja possa ser visitada através do chamado ‘City Tour Arequipa’, muitos visitantes podem fazê-lo por conta própria. Por sua beleza arquitetônica e importância histórica, é um local muito fotografado pelos turistas.

  • Localização: Rua General Morán 114 (esquina da Praça principal em Arequipa).
  • Horário de visita: aberto durante o horário litúrgico (7h).
  • Custos opcionais: a entrada para o museu da Basílica da Catedral custa 20 soles peruanos.

O bairro de San Lázaro

San Lazaro Arequipa
San Lázaro – Arequipa

O bairro São Lázaro é a primeira rua da cidade. Tem uma antiguidade antes mesmo da fundação da cidade em 1540. Seus recintos são feitos de silhar. As pequenas ruas e becos que compõem este famoso bairro são: Violín, Cristales, Ripacha, Desaguadero, Combate Naval, Calienes e Bayonetas.

Entre as construções mais antigas do lugar, destaca-se a capela de São Lázaro. No início do século XVII, o bairro foi residência de importantes personalidades da colônia espanhola. Hoje é uma área protegida pelo Instituto Nacional de Cultura (INC) que a declarou ‘Ambiente Urbano Monumental’.

A visita a este local histórico é totalmente gratuita para todos. Alguns turistas preferem fazer o City Tour em Arequipa. Uma de suas atrações mais famosas é seu pão chamado ‘Ripacha’, como um de seus becos. Alguns dos outros bairros tradicionais da ‘Cidade Branca’ são: o bairro Yanahuara, o bairro Cayma, o bairro Selva Alegre e o bairro Vallecito.

  • Localização: a apenas 850 metros da Praça principal. Fica nas margens do Rio Chili (entre as ruas de Jerusalém, Juan de la Torre e Ponte Grau).
  • Horário de visita: aberto todo o dia.
  • Custos opcionais: o pão ‘Ripacha’ pode ser comprado no bairro de San Lázaro por apenas 1 sol peruano.

 

Por Machupicchu Terra – Ultima atualização, novembro 10, 2021


Mais guias que podem te ajudar

Arequipa: 4 melhores destinos com banhos térmicos

Na região de Arequipa você pode encontrar diferentes banhos termais que servem como locais de lazer e cura. A presença vulcânica oferece as principais opções que estão localizadas no Vale do Colca. Haverá um passeio por diferentes províncias fora da “Cidade Branca”. Conheceremos quais são as propriedades curativas que esses lugares naturais possuem e seus benefícios no combate às doenças. Além disso, falaremos sobre a localização, preços e suas paisagens espetaculares e outras atividades que podem ser realizadas.

Arequipa: 4 melhores destinos com banhos térmicos

4 pontes importantes e históricas em Arequipa

Arequipa foi fundada em 15 de agosto de 1540, desde então não deixou de surpreender pelas diferentes construções que abriga desde a época colonial, onde você pode encontrar um grande número de templos baseados em silhar. Material importante para uma grande variedade de construções nesta região peruana, como exemplo podemos apreciar um bairro tradicional, decorações à base de silhar e duas das pontes que desta vez nos trazem aqui.

4 pontes importantes e históricas em Arequipa