Descontos para estudantes universitários na viagem ao Peru

As principais atrações turísticas do Peru oferecem descontos para estudantes universitários. Eles devem completar os estudos de graduação atuais e ter um cartão universitário legível, seja o emitido por sua universidade ou o cartão internacional ISIC. Cartões de biblioteca ou recibos de registro não são permitidos. Entre os principais destinos com entrada de estudantes universitários estão: Machu Picchu, o cânion Colca e o santuário histórico de Pachacamac.

Machu Picchu
Turista em Machu Picchu


A viagem ao peru para estudantes universitários

A viagem ao Peru para estudantes universitários oferece descontos em seus principais pontos turísticos, como Machu Picchu, o cânion Colca, o santuário Pachacamac, a cidade sagrada de Caral e muito mais.

Para isso, os jovens devem cumprir os seguintes requisitos: fazer os estudos de graduação no momento da visita (em alguns casos, como Machu Picchu, ter menos de 25 anos). Também tenha um cartão universitário válido.

Estudantes universitários de pós-graduação ou estudantes com matrículas suspensas (não possuem cartão universitário) não podem acessar os descontos. Nesses casos, eles têm que comprar sua passagem pela tarifa geral de adulto.

Na maioria dos casos, cartões universitários emitidos para alunos do ensino médio também são aceitos.


Que cartão universitário levar?

O cartão universitário é um documento obrigatório para visitar com desconto os principais pontos turísticos do Peru. Em alguns casos, é necessário o cartão oficial da universidade emitido pelas autoridades do país do visitante. Em outros casos, o cartão de estudante internacional (ISIC) é aceitável.

Em todos os casos, o cartão universitário deve atender às seguintes características:

Cartões de biblioteca, mestrado, doutorado, pós-graduação, graduação, reserva de matrícula, documento de matrícula ou cartão de estudante de crédito ou débito não são aceitos.


Descontos para as principais atrações turísticas

Estes são os preços e requisitos para ter acesso ao desconto universitário nos principais destinos turísticos do Peru:

Machu PicchuA cidade inca de Machu Picchu é o principal destino turístico do Peru. Todos os anos, recebe pouco mais de 1,5 milhão de visitantes. A taxa de entrada para estudantes universitários estrangeiros custa 77 soles peruanos (22 dólares em média). Estudantes universitários do Peru, Colômbia, Equador ou Bolívia pagam 32 soles peruanos (9 dólares americanos em média). O cartão universitário (não ISIC) é o único documento válido para a compra da passagem.

Cusco – Para visitar as principais atrações turísticas da cidade de Cusco, você deve comprar o famoso ‘Bilhete Turístico de Cusco’. Alguns dos melhores destinos incluídos neste bilhete são: Sacsayhuaman, Coricancha, Pisac, Ollantaytambo, Chinchero, Moray, Tipón, Piquillacta assim como vários museus e centros culturais. O preço deste ingresso para estudantes universitários estrangeiros é de 70 soles peruanos (20 dólares em média). O preço desta passagem para estudantes peruanos é de 40 soles peruanos (11 dólares americanos em média). Tanto o cartão universitário quanto o cartão ISIC são aceitos para compra.

O cânion do ColcaColca é um dos cânions mais profundos e incríveis do planeta. Está localizada no departamento de Arequipa, no meio da Cordilheira dos Andes, no sul do Peru. Para visitar o desfiladeiro do Colca e os seus principais miradouros é necessário adquirir o ‘Bilhete Turístico do Colca’. Este ingresso só tem descontos para estudantes peruanos. O custo da passagem é de 5 soles peruanos (menos de 2 dólares americanos em média). O cartão oficial da universidade emitido no Peru é o documento aceito. Infelizmente, não há descontos para estudantes universitários estrangeiros.

Santuário Pachacamac – este sítio arqueológico era o santuário mais importante de toda a costa do antigo Peru. Para os incas, era um oráculo ao qual se devia chegar depois de vários dias de jejum. Sua figura principal era o ídolo de Pachacamac, uma figura relacionada aos terremotos. A visita a este local inclui um tour pelo museu do local, um dos melhores de Lima. Estudantes universitários peruanos pagam apenas 5 soles peruanos para entrar (menos de 2 dólares americanos em média). O atual cartão universitário emitido pelas autoridades peruanas é o documento válido.

Cidade Sagrada de Caral – Caral é a cidade mais antiga da América, pois data de 5.000 anos antes da era cristã, aproximadamente. Fica a cerca de 174 quilômetros da cidade de Lima, capital do Peru. O ingresso para este sítio arqueológico oferece desconto para estudantes universitários peruanos. O preço do ingresso é de apenas 4 soles peruanos (pouco mais de 1 dólar em média). O atual cartão oficial emitido pelas autoridades peruanas é o documento autorizado.

Sítio arqueológico de Kuélap – este importante sítio arqueológico fica no lado leste da Cordilheira dos Andes, na selva alta desde o departamento do Amazonas. Foi construída pela cultura Chachapoyas, aproximadamente no século XI. Destaca-se por suas construções como mausoléus localizados na crista das colinas. Os estudantes universitários pagam pela admissão a quantia de 10 soles peruanos (menos de 3 dólares americanos em média). Além disso, você deve pagar o preço da viagem de teleférico (20 soles peruanos para viagens de ida e volta).

Sítio arqueológico e Museu do sítio Huaca PucllanaEste centro cerimonial fica no coração do bairro turístico de Miraflores, na cidade de Lima. Fazia parte da cultura de Lima, construída entre 200 DC e 700 DC. Além do sítio arqueológico, possui um museu do sítio que explica a importância do local de forma didática. A taxa de entrada para estudantes universitários é de 7,50 soles peruanos (pouco menos de 3 dólares americanos em média). O bilhete necessário é o atual cartão universitário emitido pelas autoridades peruanas.

Sítio arqueológico e Museu do sítio Chan Chan – esta cidadela é a maior da América feita de adobe. Foi construída pela cultura Chimú, por volta de 850 DC, e está localizada na cidade de Trujillo, no litoral norte do Peru. Em 1986 foi incluída na lista de Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. O bilhete de entrada para o sítio arqueológico inclui a visita ao museu do sítio. Os estudantes peruanos pagam a taxa de 5 soles peruanos (um pouco menos de 2 dólares americanos em média). O cartão da universidade deve ser válido.

Museu do site túmulos reais de Sipan – A descoberta dos túmulos do Senhor de Sipán foi uma das descobertas sítios arqueológicos do Peru no século XX. É uma tumba real, de um governante da cultura Mochica, por volta de 300 dC A tumba está atualmente dentro de um museu muito bem condicionado, um dos melhores do Peru. O ingresso para estudantes universitários custa 4 soles peruanos (pouco mais de 1 dólar em média). O cartão deve ser válido e emitido pelas autoridades peruanas.

Sítio arqueológico e Museu de Chavín de Huantar – Na Cordilheira dos Andes centrais do Peru está este sítio arqueológico, um cidade sagrada pertencente à cultura Chavín. Foi um dos centros religiosos mais importantes do antigo Peru. Foi construído entre 1.500 aC e 300 aC Hoje é um Patrimônio Mundial da UNESCO. O bilhete de entrada para o sítio arqueológico inclui a visita ao museu do sítio. O custo para estudantes universitários peruanos é de 7 soles peruanos (pouco mais de 2 dólares americanos em média). Está localizado no departamento de Ancash, a 86 quilômetros da cidade de Huaraz.

 

Por Machupicchu Terra – Ultima atualização, novembro 10, 2021


Mais guias que podem te ajudar

10 aldeias em Cusco que você deve visitar

Cusco é um departamento do Peru localizado na Cordilheira dos Andes. É famosa por diferentes atrações turísticas, como a lagoa Humantay, a montanha de 7 cores, o Vale Sagrado dos Incas ou, claro, Machu Picchu. No entanto, em Cusco você também pode visitar cidades andinas com belas paisagens, muita história e tradição. Conheça dez aldeias de Cuzco que você não pode deixar de visitar.

10 aldeias em Cusco que você deve visitar

8 caminhadas para chegar a Machu Picchu

A forma como mais turistas vêm a Machu Picchu é por meio do clássico passeio de trem saindo das estações de Cusco. No entanto, também é possível chegar por meio de uma caminhada. Alguns são longos e podem durar vários dias. Outros são apenas percursos curtos de algumas horas. A verdade é que qualquer uma dessas rotas aproxima você da cidade inca. Descubra o que eles são, quais são suas rotas e como fazê-los.

8 caminhadas para chegar a Machu Picchu