8 deliciosos pratos da gastronomia peruana

A gastronomia peruana é uma das melhores do planeta. Isto se deve a uma longa história de fusão de sabores, ingredientes únicos, tradição e inovação culinária. Com isso, por exemplo, o restaurante peruano Central foi eleito o melhor do mundo em 2023. O prato mais representativo, sem dúvida, é o ceviche. Conheça os oito pratos mais deliciosos e recomendados da gastronomia peruana. Comer!

8 deliciosos pratos da gastronomia peruana
8 deliciosos pratos da gastronomia peruana



O ceviche

O ceviche
O ceviche

Ceviche é o prato principal do Peru. Ou seja, ultrapassa fronteiras e é preparado nos melhores restaurantes do mundo. É feito de peixe cru marinado com suco de limão peruano. Geralmente é servido acompanhado de cebola picada, batata doce, alface, frutos do mar e milho. É servido principalmente como aperitivo ou prato principal. Seu ingrediente secreto é o pimentão amarelo, localizado principalmente em território peruano.

Ceviche é considerado Patrimônio Cultural do Peru. No entanto, é cozinhado em todo o mundo, de cuja região derivam centenas de variedades. Acredita-se que sua origem remonte a mais de mil anos, à cultura Moche, que cozinhava o peixe com o suco da fermentação do maracujá e da banana. Acredita-se até que os Incas fermentavam o peixe com chicha (bebida feita de milho).

  • Onde comer?: Em restaurantes e mercados em todo o Peru (principalmente nas regiões costeiras peruanas como Lima, Ica, Trujillo, Chiclayo, Piura e Tumbes).
  • Preço aproximado: De 10 soles peruanos a 100 soles peruanos dependendo do restaurante de sua escolha.

A causa Lima

A causa Lima
A causa Lima

A causa Lima é um dos pratos mais deliciosos da gastronomia peruana. Também é chamada de causa peruana ou simplesmente “causa”. Seu principal ingrediente é a batata amarela recheada com frango (ou atum) com maionese e vegetais como cenoura e tomate. Geralmente é acompanhado de azeitonas pretas e ovo cozido. Apresenta-se num formato redondo muito marcante e serve como entrada.

O nome ‘causa’ vem de uma palavra quéchua que significa ‘o que alimenta’. Acredita-se também que seu nome deriva da palavra ‘Causa da Independência’ porque serviu de alimento para as tropas libertárias do Peru. Embora se chame Lima, possui muitas variedades de acordo com a região do Peru. Em Arequipa é recheado com camarão, no norte do Peru (Tumbes e Piura) pode ser acompanhado por meros.

  • Onde comer?: Em mercados e restaurantes em todo o Peru.
  • Preço aproximado: De 5 soles peruanos a 50 soles peruanos dependendo do restaurante de sua escolha.

O lombo salgado

O lombo salgado
O lombo salgado

O lombo salgado é um dos pratos mais emblemáticos do Peru pela facilidade de preparo, baixo custo e sabor delicioso. Seu ingrediente principal é a carne temperada em uma frigideira wok com molho de soja, pimentão amarelo, vinagre, alho, sal e pimenta. É servido acompanhado de batata frita e arroz branco. É consumido em mercados populares de todas as regiões do Peru, tanto em mercados como em restaurantes luxuosos.

Lomo saltado tem uma história interessante que remonta à imigração chinesa para o Peru nos séculos XIX e XX. Os imigrantes chineses introduziram o wok cujo cozimento dos alimentos é necessário para o preparo. O renomado chef peruano Gastón Acurio o chamou de “o pai da comida peruana”. Acredita-se que 70% dos turistas que visitam o Peru experimentem este prato popular de fama internacional.

  • Onde comer?: Em restaurantes e mercados populares em todas as regiões do Peru.
  • Preço aproximado: De 8 a 70 soles dependendo do restaurante de sua escolha.

Arroz com frango

Arroz com frango
Arroz com frango

O arroz de frango é um dos pratos preferidos das famílias peruanas. Como o próprio nome indica, é feito com arroz de grão verde e frango cozido, temperado com coentro e espinafre, o que confere uma característica cor verde sutil e de ótimo sabor. Às vezes é acompanhado com batata huancaína, rodelas de cenoura, alface, milho branco e, mesmo em algumas regiões, em vez de frango é preparado com pato cozido.

Em outras regiões do mundo existem outras variedades de arroz com frango. Por exemplo, na Colômbia e no Panamá o frango é desfiado. As famílias no Peru preferem este prato pelo seu sabor delicioso e baixo custo. Acredita-se que o prato original foi preparado no norte do Peru à base de pato. Porém, em Lima o prato era muito caro, então se usava frango, que é mais barato e fácil de cozinhar.

  • Onde comer?: Nos mercados e restaurantes populares de todas as regiões do Peru (nas regiões de Lambayeque, La Libertad, Piura e Tumbes costuma ser preparado com pato).
  • Preço aproximado: De 8 a 80 soles peruanos dependendo do mercado ou restaurante de sua preferência.

O frango com pimenta

O frango com pimenta
O frango com pimenta

Por seu sabor requintado, o ají de gallina é um dos pratos mais deliciosos da culinária peruana. Possui um vistoso prato amarelo cremoso que chama a atenção de toda a família. Seu principal ingrediente, além dos pedaços de frango ou frango cozido, é o pimentão amarelo peruano, que o impregna de um sabor característico. Acompanha também arroz branco, ovo cozido, alface e batata parboilizada fatiada.

Acredita-se que o ají de gallina tenha uma história que remonta à época da colônia espanhola (século XVI). Da Espanha veio o prato chamado ‘Menjar Blanc’, uma iguaria branca feita com peito de frango, açúcar e farinha. Este doce foi transformado no Peru usando ají amarillo como ingrediente principal. Inicialmente foi consumido pelas classes populares. Hoje é um prato consumido em todas as regiões do Peru independente do nível socioeconômico.

  • Onde comer?: Em mercados e restaurantes populares em todas as regiões do Peru.
  • Preço aproximado: De 8 soles a 60 soles peruanos dependendo do estabelecimento comercial de sua escolha.

O frango grelhado

O frango grelhado
O frango grelhado

O Peru é um dos principais consumidores de frango no ano (aproximadamente 47 quilos por pessoa por ano). Este dado é explicado, em grande parte, pelo consumo generalizado de frango grelhado, prato declarado em 2004 Património Nacional. Obviamente seu ingrediente principal é o frango grelhado temperado com pimenta panca, orégano, molho de soja e alho. Acompanha batatas fritas, saladas e maionese.

No Peru, a popularidade deste prato é tanta que até todo terceiro domingo de julho o país comemora o ‘Dia do Frango Grelhado’. Os peruanos preferem comer frango grelhado no jantar. Porém, também é (e recomendado) consumido no almoço. Raramente é oferecido em restaurantes turísticos ou não. Os estabelecimentos que oferecem este prato são as chamadas ‘pollerías’, presentes em todas as regiões do Peru.

  • Onde comer?: Em lojas de frango em todas as regiões do Peru.
  • Preço aproximado: De 12 soles (um quarto de frango grelhado) a 80 soles (um frango inteiro).

O anticucho

O anticucho
O anticucho

O anticucho é um dos pratos mais emblemáticos e tradicionais da culinária peruana. É feito de coração de boi, embora também possa ser feito de fatias de carne bovina. O segredo do seu sabor é que é temperado com vinagre, pimenta vermelha, cominho e alho. A sua apresentação costuma ser com fatias embutidas num ‘palito de anticucho’. O preparo é feito na grelha e costuma ser acompanhado de batata parboilizada.

A palavra anticucho vem de duas palavras quíchuas ‘Anti’ e ‘Kuchu’ que juntas significam ‘Cortes nos Andes’. Sua origem remonta ao século XVI com a chegada dos escravos africanos ao Peru. Eles cozinhavam a comida com coração de boi, uma víscera barata comparada ao lombo (o coração era frequentemente jogado fora pelos governantes espanhóis). Com o passar dos anos o seu bom gosto tornou-se popular em todo o país.

  • Onde comer?: Nas barracas de rua de todas as regiões do Peru.
  • Preço aproximado: De 5 a 50 soles peruanos dependendo do estabelecimento comercial de sua preferência (presente também em restaurantes turísticos).

Batata Huancaina

Batata Huancaina
Batata Huancaina

Papa a la huancaína é um dos pratos mais famosos e consumidos da gastronomia peruana. Embora seu nome faça referência à região de Huancayo, seu consumo e preparo são difundidos em todo o país. É feito com ocopa de pimenta amarela, queijo fresco, bolacha, óleo e leite evaporado. Também é consumido acompanhado de pratos tradicionais como arroz com frango.

O delicioso sabor da batata huancaína fez com que ela fosse consumida em outros países como a Bolívia. O pimentão amarelo, ingrediente mais importante e presente em outros pratos tradicionais, tem até 4 mil anos, pois foi encontrado nos sítios arqueológicos de Huaca Prieta e Ancón. Sua origem remonta ao século XX, quando começou a construção da ferrovia central do Peru em Huancayo.

  • Onde comer?: Nos principais mercados e restaurantes do Peru.
  • Preço aproximado: De 5 a 75 soles dependendo do restaurante que você escolher (geralmente acompanha macarrão vermelho ou arroz com frango).

 

Por Machupicchu Terra – Ultima atualização, setembro 4, 2023


Mais guias que podem te ajudar

7 museus que são altamente recomendados durante sua visita a Cusco

A cidade de Cusco é famosa por ser a capital dos Incas. Existem importantes sítios arqueológicos, como Sacsayhuaman e o templo Coricancha. Em todos os lugares você pode ver a história e a arquitetura inca da cidade. A melhor maneira de entender completamente essa história é através de seus museus. Conheça alguns dos museus mais recomendados que você deve visitar em sua viagem à cidade de Cuzco.

7 museus que são altamente recomendados durante sua visita a Cusco

As 8 cachoeiras mais bonitas do Peru

O Peru é um país com grande diversidade geográfica que oferece paisagens costeiras desérticas, altas montanhas atravessadas pela Cordilheira dos Andes, além de imensas florestas amazônicas. Entre as altas montanhas e a selva peruana existe uma região de alta selva onde existem belas e altas cachoeiras. Estes são muito fotografados e visitados por turistas peruanos e de todo o mundo. Quais são as mais bonitas do país? Conhecê-los!

As 8 cachoeiras mais bonitas do Peru