As 8 cachoeiras mais bonitas do Peru

O Peru é um país com grande diversidade geográfica que oferece paisagens costeiras desérticas, altas montanhas atravessadas pela Cordilheira dos Andes, além de imensas florestas amazônicas. Entre as altas montanhas e a selva peruana existe uma região de alta selva onde existem belas e altas cachoeiras. Estes são muito fotografados e visitados por turistas peruanos e de todo o mundo. Quais são as mais bonitas do país? Conhecê-los!

As 8 cachoeiras mais bonitas do Peru
As 8 cachoeiras mais bonitas do Peru



Cachoeiras Gocta

Cachoeiras Gocta
Cachoeiras Gocta

As cachoeiras de Gocta são consideradas as melhores do Peru. A razão? Tem uma queda de 771 metros e é uma das mais altas do planeta. Está localizado no distrito de Cocachimba, a 41 quilômetros da cidade de Chachapoyas, na região do Amazonas. Nas proximidades de Gocta existem dezenas de cachoeiras menores.

Gocta é especial por estar longe da modernidade. Você só pode chegar lá em uma rota a pé que leva pouco mais de 2 horas. Por um custo adicional de 40 soles, você pode chegar lá a cavalo. Foi descoberto em 2002 por Stefan Zlemendorf, um explorador alemão. Acredita-se que na cachoeira exista uma sereia de cabelos dourados que desaparece dos homens à noite.

  • Onde está? 41 quilômetros da cidade de Chachapoyas no Amazonas (2 horas e 30 minutos a pé).
  • Quanto custa a visita? Os passeios custam aproximadamente 120 soles por turista.

Cachoeira Arco-íris

Cachoeira Arco-íris
Cachoeira Arco-íris

A cachoeira Arco Iris é uma das mais populares da cidade de Satipo, na região de Junín (selva central do Peru). Possui uma pequena cachoeira, de apenas 20 metros. No entanto, devido à sua localização privilegiada, tem uma perspectiva dos raios solares que, à tarde, formam um arco-íris marcante, que lhe deu o nome.

A Cachoeira Arcoíris possui duas quedas d’água e é cercada por abundante vegetação. O acesso é feito a partir de Satipo na direção sudeste até a cidade de Mazmamari. Em seguida, faça um desvio para as cataratas em direção a Puerto Ocopa. Você chega lá atravessando uma ponte de madeira. A entrada é gratuita.

  • Onde está? 30 quilômetros da cidade de Satipo na região de Junín.
  • Quanto custa a visita? Não há muitos passeios oferecidos. Recomenda-se ir por conta própria. A entrada é gratuita.

Cachoeira Ahuashiyacu

Cachoeira Ahuashiyacu
Cachoeira Ahuashiyacu

A cachoeira Ahuashiyacu é uma das principais atrações turísticas da cidade de Tarapoto, na selva do norte do Peru. Seu nome significa ‘água que ri’ ou ‘água que canta’. Deve o seu nome à sua cascata de 40 metros cujos salpicos ressoam numa fonte de água. É muito visitado por turistas locais e peruanos.

Para chegar à cachoeira Ahuashiyacu, você deve percorrer de carro 17 quilômetros (30 minutos) e concluir o percurso com uma caminhada de apenas 10 minutos. A sua nascente de água assemelha-se a uma piscina. Como outras cachoeiras do Peru, é cercada por uma densa vegetação. A entrada é gratuita para todos. Uma excelente ideia é fazer um tour.

  • Onde está? A apenas 17 quilômetros da cidade de Tarapoto (apenas 10 minutos a pé).
  • Quanto custa a visita? Os passeios custam aproximadamente 50 soles por turista.

Cachoeira Yumbilla

Cachoeira Yumbilla
Cachoeira Yumbilla

As cachoeiras de Yumbilla são as quintas mais altas do planeta, com uma cachoeira de quase 900 metros. Está localizada na cidade de Cuispes na província de Bongorá, departamento do Amazonas. A cachoeira tem um charme todo especial por estar localizada em um bojo cheio de vegetação com formações rochosas de várias cores.

As Cataratas de Yumbilla também são as segundas mais altas do Peru. Sua cachoeira desce em quatro quedas, que começa na caverna de São Francisco a 2.723 metros acima do nível do mar. Yumbilla faz parte da chamada ‘Ruta de las cataratas’, que inclui as cachoeiras de Chinata, Pabellón e muitas outras. A rota oferece grande diversidade. Porém, pela dificuldade e perigo de chegar até lá, o melhor é fazer um passeio que ofereça passeio de canoa até lá.

  • Onde está? 70 quilômetros da cidade de Chachapoyas e 9 quilômetros da cidade de Pedro Ruiz, na cidade de Cuispes.
  • Quanto custa a visita? Os passeios custam aproximadamente 100 soles por turista.

Cachoeira do Galo da Rocha

Cachoeira do Galo da Rocha
Cachoeira do Galo da Rocha

A cachoeira Gallito de las Rocas está localizada no distrito de Pampa Hermosa, província de Satipo, departamento de Junín. O nome da cachoeira se deve à presença do galo das pedras, famoso pela beleza de suas cores. A cachoeira é relativamente pequena, apenas 20 metros. No entanto, a piscina que se forma permite nadar e desfrutar de uma paisagem incrível.

A rota para a cachoeira Gallito de las Rocas começa na cidade de Satipo com uma viagem de 41 quilômetros até o povoado de San Antonio. A partir daí, há uma caminhada de apenas 200 metros. A entrada na cachoeira é gratuita. No entanto, para uma visita completa, é recomendável escolher um passeio. A paisagem que oferece é uma das mais belas da região de Junín. E, com sorte, poderá observar o galo das rochas.

  • Onde está? 41 quilômetros da cidade de Satipo, no distrito de Pampa Hermosa.
  • Quanto custa a visita? Os passeios custam aproximadamente 100 soles por turista.

Cachoeira do Rio Tigre

Cachoeira do Rio Tigre
Cachoeira do Rio Tigre

A cachoeira do rio Tigre está localizada a apenas 14 quilômetros da cidade turística de Oxapampa, na selva central do Peru (região de Pasco). Possui uma cachoeira de aproximadamente 30 metros. Faz parte da Reserva da Biosfera Oxapampa-Asháninka-Yanesha. Possui uma bela paisagem natural repleta de vegetação.

Da cidade de Oxapampa você pode chegar a pé ou de ônibus. A melhor opção é a pé, pois o percurso é de apenas 45 minutos. Na rota você cruza duas pontes suspensas. No local é possível fazer rapel. O custo de admissão é de apenas 1 sol. O horário de visitação é das 6 da manhã às 5 da tarde.

  • Onde está? A apenas 45 minutos a pé da cidade de Oxapampa na região de Pasco.
  • Quanto custa a visita? O ingresso custa apenas 1 sol peruano.

Cachoeira Tsomontonari

Cachoeira Tsomontonari
Cachoeira Tsomontonari

A cachoeira Tsomontonari está localizada no distrito de Río Negro, na província de Satipo, região de Junín (selva central do Peru). É formado por duas cachoeiras, ‘O Manto da Virgem’ e ‘A Rainha dos Ventos’. A primeira tem queda d’água de 70 metros e a segunda de 40 metros. Este último, no entanto, é o que dá nome à cachoeira. Seu grande atrativo é a escadaria de pedra natural que permite o acesso ao topo da cachoeira.

A cachoeira tem pequenas piscinas onde as famílias podem se refrescar. Além disso, em suas formações rochosas é possível praticar rapel. O percurso inicia-se na cidade de Satipo com um percurso de 33 quilómetros. Em seguida, o acesso final é feito a pé por um percurso seguro que leva aproximadamente 1 hora. A taxa de entrada é gratuita para todos. Você também pode ir com um tour.

  • Onde está? 33 quilômetros da cidade de Satipo (caminhada final de 1 hora).
  • Quanto custa a visita? Os passeios custam aproximadamente 130 soles por turista.

Cachoeira das Três Irmãs

Cachoeira das Três Irmãs
Cachoeira das Três Irmãs

A cachoeira Três Irmãs é a mais alta do Peru e a segunda mais alta do planeta (a cachoeira mais alta é o Salto del Tugela, na África do Sul). Possui uma incrível cachoeira de 914 metros e 12 metros de largura que se divide em três partes. Encontram-se no Parque Nacional Otishi, no distrito de Río Tambo (província de Satipo) na região de Junín (bacia do rio Ene).

Infelizmente para os viajantes, o acesso às cataratas é difícil. A melhor opção é contratar uma licença de preço de avião pequeno do Serviço Nacional de Áreas Protegidas do Estado Peruano (Sernamp) na cidade de Satipo. A paisagem que se vê do ar é incrível. A cachoeira é cercada por uma selva quase virgem. Em todos os lugares você pode ouvir o boato de sua cachoeira de quase 1 quilômetro.

  • Onde está? No distrito de Río Tambo, província de Satipo, departamento de Junín.
  • Quanto custa a visita? Solicite autorização à Sernamp Satipo e faça cotação com avião de pequeno porte para sobrevoar as cataratas.

 

Por Machupicchu Terra – Ultima atualização, abril 10, 2023


Mais guias que podem te ajudar

Hotéis em Machu Picchu: toda a informação

Você está planejando viajar para Machu Picchu? Para um planejamento correto da viagem você deve organizar as passagens, passeios, transporte e outros detalhes como hospedagem. A oferta hoteleira perto da cidade Inca é alta, já que mais de 1,5 milhão de pessoas a visitam a cada ano. Existem serviços de 5, 4 estrelas e mais. Existe até um local de acampamento ideal para ‘mochileiros’. Saiba tudo sobre a oferta de hotel na viagem às maravilhas do mundo.

Hotéis em Machu Picchu: toda a informação

Tudo sobre o bilhete Machupicchu com desconto universitário

Se você planeja visitar Machu Picchu sem um tour, sim ou sim, você deve comprar sua passagem online e com antecedência. Os estudantes universitários podem fazer suas compras com um desconto especial se possuírem um cartão universitário válido. Se são alunos do Peru, Colômbia, Equador ou Bolívia; o desconto é ainda maior. Saiba mais sobre os requisitos, preços e outros sobre o ingresso de Machu Picchu para estudantes universitários.

Tudo sobre o bilhete Machupicchu com desconto universitário