8 lugares pouco conhecidos em Cusco que você deve visitar

Cusco tem algumas das atrações turísticas mais visitadas do Peru. Alguns deles são o Vale Sagrado dos Incas, a lagoa Humantay, a montanha das 7 cores e, claro, Machu Picchu (uma das 7 maravilhas do mundo moderno). No entanto, essa região andina também oferece atrativos turísticos pouco conhecidos e, portanto, pouco visitados. Mesmo assim, é aconselhável conhecê-los porque oferecem aventura, história e paisagens incríveis.

Palcoyo
Montanha colorida do Palcoyo


Os banhos termais de Cocalmayo

Banhos termais Cocalmayo
Banhos termais Cocalmayo

Na localidade de Santa Teresa – província de La Convencion – existem os melhores banhos termais de Cusco. Cocalmayo fica às margens do rio Vilcanota. Possui 3 grandes piscinas com águas cristalinas que variam entre os 38ºC. e 44ºC. Essas águas quentes vêm de altas montanhas e lagoas como Uripata.

Cocalmayo se destaca por estar cercada por uma paisagem natural de alta selva. O local possui chuveiros, banheiros, barracas, cadeiras, vestiários e até espaços para acampar ou pernoitar em seus quartos de hotel. Recomenda-se a visita entre abril e novembro. De dezembro a março as chuvas são mais intensas, o que pode ser perigoso.


O miradouro Tres Cruces de Oro

Miradouro Tres Cruces de Oro
Miradouro Tres Cruces de Oro

Na orla dos vales andinos de Cusco e da planície de selva de Manú está o mirante Tres Cruces de Oro de onde, dizem, pode-se ver o nascer do sol mais bonito do mundo. Embora durante todo o ano sejam apreciados belos amanheceres, nos dias 20, 21 ou 22 de junho ocorre o fenômeno do ‘Raio Branco’. O sol nascente se assemelha a três cruzes douradas no horizonte.

Este miradouro também é chamado de ‘a varanda do oriente’. É que de lá se avista parte do imenso Parque Nacional do Manu. Para apreciar o nascer do sol é necessário acampar. Com uma média de 5 ou 6 da manhã, se o céu não estiver nublado, você pode ver este espetáculo natural.


A montanha 7 cores de Palcoyo

Montanha 7 cores de Palcoyo
Montanha 7 cores de Palcoyo

Palcoyo é uma atração turística natural que apresenta uma beleza cênica semelhante ao famoso Vinicunca, a montanha 7 cores. Além deste, é encontrado no grupo de montanhas perto da montanha coberta de neve de Ausangate. Palcoyo está localizado a 4.900 metros acima do nível do mar. Chegar lá é um grande desafio devido à sua extrema geografia.

Ao contrário da caminhada até Vinicunca (percurso de 2 horas), para chegar a Palcoyo basta uma caminhada de apenas 1 hora. Existem alguns serviços turísticos que incluem uma visita aos dois locais. As vistas do Palcoyo também estão cheias de cores. Ainda não há muitos visitantes que se atrevam a ir.


O miradouro de Chonta

Miradouro de Chonta
Miradouro de Chonta

Uma das melhores paisagens e espetáculos naturais de Cusco pode ser visto na comunidade de Chonta, província de Anta. De lá você pode apreciar o vôo do condor, a maior e mais importante ave da Cordilheira dos Andes. Este espetáculo está rodeado por uma cadeia de montanhas e o desfiladeiro Apurímac, uma paisagem inesquecível.

Chonta tem três mirantes localizados a aproximadamente 3.400 metros acima do nível do mar. O terceiro e mais alto de todos é aquele que mostra o vôo dos condores. Este espetáculo pode ser observado em dias de sol, por se aproximar das 3 da tarde. Este espetáculo se assemelha ao famoso vôo do condor no Cânion do Colca – Arequipa.


O pongo de Mainique

Pongo de Mainique
Pongo de Mainique

O pongo de Mainique é uma formação geográfica onde o rio Vilcanota sai das altas montanhas andinas para entrar na densa selva. Essa passagem de águas turbulentas é famosa por sua importância histórica que até virou mito. As culturas incas e amazônicas adoravam este site. Está localizado na província de La Convencion, na selva de Cusco.

O pongo de Mainique está localizado dentro do Santuário Nacional Megantoni, uma área protegida por sua diversidade de flora, fauna e cultura (povos nativos se instalam lá). O clima lá varia de 17ºC. até 32ºC. O pongo torna-se perigoso na estação das chuvas (janeiro, fevereiro e março). Para maior segurança, é recomendável fazer um tour com tudo incluído.


A morada dos deuses em Cusco

Morada dos deuses
Morada dos deuses

O Apukunaq Tianan é uma das atrações turísticas mais recentes de Cusco. Seu nome vem da língua Quechua. Significa ‘Morada dos deuses’. É um espaço onde se encontram várias esculturas gigantes com motivos religiosos andinos. Essas esculturas foram criadas pelo artista de Cusco Michael de Titán Monteagudo Mejía em 2020.

A morada dos deuses fica muito perto da cidade de Cusco, a apenas 8 quilômetros de distância. Está se tornando cada vez mais um dos pontos turísticos mais fotografados da região. Destaca-se por monumentos como: o puma, o pachamama, o homem andino, a porta tridimensional, o homem da selva e muito mais.


O sítio arqueológico de Inkilltambo

Inkilltambo
Inkilltambo

Inkilltambo era uma huaca sagrada Inca. A pesquisa sugere que foi construído pelo Inca Wiracocha. Então o imperador Pachacutec ordenou sua expansão e melhoria. Em 2015 teve início a sua restauração. Hoje, a entrada no Inkilltambo é gratuita. Fica a apenas 7,3 quilômetros da cidade de Cusco.

Em Inkilltambo o turista poderá observar trilhas incas, canais de água, recintos menores, terraços, templos e muito mais. A pesquisa sugere que era uma huaca onde a água era adorada. É um dos poucos sítios arqueológicos gratuitos para todos. Faz parte do imenso Parque Arqueológico de Sacsayhuaman.


O sítio arqueológico de Waqrapukara

Waqrapukara
Waqrapukara

A fortaleza de Waqrapukara é um dos sítios arqueológicos incas menos conhecidos. Porém, sua beleza arquitetônica, paisagística e importância histórica a tornam um local imperdível. Foi construído pela cultura Canchi. Mais tarde, foi remodelado pelos Incas no governo de Túpac Yupanqui (1471 – 1493).

Seu nome vem de uma palavra quíchua que significa ‘Fortaleza em forma de chifre’. É que o local se assemelha a um alto castelo de pedra com dois chifres no topo. Apesar disso, o local era um templo onde os deuses eram adorados. A caminhada até lá foi uma peregrinação. A maioria dos visitantes chega lá em um tour. No entanto, também é possível ir sozinho.

 

Por Machupicchu Terra – Ultima atualização, dezembro 2, 2021


Mais guias que podem te ajudar

5 sites incas grátis em Cusco

Cusco foi a capital do império Inca. Conseqüentemente, a pegada dos Incas é mais legível lá. Aqui e ali foram construídos templos, palácios, plataformas e outras obras de origem inca. Os locais mais famosos são Sacsayhuaman, Coricancha, Pisac, Ollantaytambo e, claro, Machu Picchu. No entanto, existem também outras construções de entrada gratuita para todos os visitantes, sejam locais ou estrangeiros. Conheça aqui 5 sites incas gratuitos em Cusco.

5 sites incas grátis em Cusco

8 atrações turísticas em Cusco para visitar por conta própria

Cusco é um dos destinos turísticos mais visitados da América do Sul. Esta região andina tem lugares importantes para visitar, como: Sacsayhuaman, Coricancha, o Vale Sagrado dos Incas, os banhos termais de Cocalmayo, o Vale Sul de Cusco, as igrejas, a região da selva e muito mais. Todos esses destinos turísticos podem ser visitados com um tour ou por conta própria. Aprenda a visitá-los por conta própria!

8 atrações turísticas em Cusco para visitar por conta própria