Quillabamba

Quillabamba é uma alternativa diferente para a viagem a Cusco e Machu Picchu. Esta cidade localizada na parte da selva da região andina oferece um clima ameno e refrescante. Por isso é reconhecida como a 'Cidade do Eterno Verão'. Possui uma bela geografia, repleta de cachoeiras, árvores, cavernas, rios e muito mais. Também é famosa por seu café e cacau, um dos melhores do Peru. Apesar de seus muitos atrativos turísticos, poucos turistas vêm a este lugar, pois fica a mais de 200 quilômetros de estrada da cidade de Cuzco.



Explore Quillabamba

Ouse conhecer a maior cidade da selva de Cusco. Conheça seus atrativos turísticos, cachoeiras, comidas típicas e tradições desta cidade quente.

Cachoeiras Siete Tinajas

1. Cachoeiras Siete Tinajas

Esta atração turística está em Quillabamba (selva de Cusco). Possui uma queda de água em cujos poços (tinajas) e formações rochosas destacam...

Cachoeiras Siete Tinajas

O que é Quillabamba?

Quillabamba é uma cidade capital da província de La Convencion, na região de Cusco no Peru. Ao contrário da capital Cusco, possui um clima tropical repleto de árvores, rios e cachoeiras. É reconhecida como a 'Cidade do Eterno Verão'. Possui atrativos turísticos naturais como as cachoeiras Yanay, Illapani e Siete Tinajas. Também é reconhecida por seu excelente café e cacau. Muitos moradores da cidade de Cusco vêm para desfrutar do sol e da vida noturna.

Onde está?

Quillabamba está localizada na parte oriental de Cusco, na alta selva do Peru. É a capital da província de La Convencion. Está localizado a cerca de 204 quilômetros de estrada da cidade de Cusco.

Geografia e altura

Quillabamba está 1.050 metros acima do nível do mar (3.444 pés de altitude). Geograficamente está localizado próximo ao rio Vilcanota, às portas do Santuário Nacional Megantoni.

Como chegar lá?

Para chegar a Quillabamba, você deve seguir uma viagem de 204 quilômetros da cidade de Cusco. Esta rota atravessa o Vale Sagrado dos Incas, sobe as altas montanhas andinas e desce até a selva de Cusco. A viagem dura em média 4 horas e 27 minutos.

Para chegar de transporte público, você deve embarcar em um dos ônibus que saem da Avenida Antonio Lorena. O custo da viagem na empresa 'Turismo Ampay' é de aproximadamente 15 soles peruanos (5 dólares americanos).

Mapa da rota para Quillabamba

História

Quillabamba foi durante muitos séculos um território habitado por grupos étnicos (grupos familiares), como os Mañaríes, Pilcozones e Izcazingas e Matsiguengas. Em meados do século XV, este território foi anexado ao império inca, embora mantivesse grande parte da sua cultura, como a comercialização da folha de coca, considerada sagrada pelos incas. Como prova disso, ainda é possível apreciar os sítios arqueológicos de Vitcos e Vilcabamba, localizados a poucos quilômetros de Quillabamba.

O território da província de La Convencion foi palco de duras batalhas entre os invasores espanhóis e os rebeldes incas (entre 1537 e 1572). Durante a colônia espanhola (de 1542 a 1824), Quillabamba, também conhecido como Wilcapampa Yunca, foi o destino de muitos evangelizadores do cristianismo que buscavam mudar a fé dos indígenas. As reduções dos índios produziram principalmente frutas, folhas de coca, cana-de-açúcar além de café e cacau.

Em 1857 foi criada a província de La Convencion com sua capital Quillabamba, então chamada de 'La Villa de Quillabamba'. Durante o século XX, este local foi palco de manifestações camponesas pela chamada 'Reforma Agrária', que finalmente aconteceu. Também é famosa a rota do trem Cusco - Quillabamba, que foi destruída pelas chuvas, restando apenas a rota que liga a cidade imperial a Machu Picchu. Hoje Quillabamba tem vários atrativos turísticos como as cachoeiras Yanay, Illapani e Siete Tinajas. É famosa por suas lavouras de café e cacau e por seu clima agradável para os visitantes.

Cachoeiras Yanay

As cachoeiras Yanay são cachoeiras de até setenta metros localizadas no distrito de Maranura, a 15 quilômetros de Quillabamba. pesar da incrível beleza do lugar, poucos visitantes estrangeiros chegam lá. Você pode pegar o transporte público de Quillabamba e, em seguida, continuar com uma curta caminhada até as cachoeiras Yanay. Ela também é conhecida como 'Yanay Mándor'.

Cachoeiras Illapani

Uma das atrações turísticas mais populares de Quillabamba são essas cachoeiras de vários metros de altura cercadas por paisagens naturais de grande beleza, onde os visitantes podem se refrescar. Essas cachoeiras estão localizadas no distrito de Echarate, na cidade de Cusco. Você pode chegar lá em uma viagem de transporte de 30 minutos. Em seguida, você deve continuar com uma caminhada de 30 minutos até este lugar.

Siete Tinajas

Siete Tinajas é uma cascata de vários metros e níveis onde se formam várias piscinas de água, ideais para se refrescar (o seu nome deve-se ao facto de serem 7 piscinas que se formam por esta cascata). Em uma ladeira que leva ao topo da cachoeira, podem-se identificar pinturas rupestres de muitos anos. Você pode chegar lá de táxi ou transporte público de Quillabamba (aproximadamente 20 minutos).

O balneário de Sambaray

Este centro recreativo está localizado próximo ao rio Vilcanota, no município de Quillabamba. Possui piscinas, áreas verdes, quadras de esportes, barracas de comida e muito mais. A maioria dos visitantes é constituída pela população local, embora também cheguem turistas estrangeiros. É uma das atrações mais famosas do lugar. Você chega lá a pé (por cerca de 15 minutos) ou de transporte público. Recomenda-se visitá-la nos meses de seca (de abril a outubro).

Piscinas municipais

Quillabamba possui inúmeras piscinas municipais onde é possível se refrescar do intenso sol do local. Algumas delas são: as piscinas '7 de Junio', a piscina 'Señor de Torrechayoc', a piscina 'Parque infantil', a piscina 'Municipal de Quillabamba' e a 'piscina Sambaray'. O custo de admissão é muito barato. Apesar de não possuir escorregas e grandes infraestruturas, é uma excelente opção durante a visita.

Comunidades nativas

Existem muitas comunidades indígenas na província de La Convencion. Muitos deles existem desde tempos anteriores aos Incas, como: os Matziguengas, os Ashanincas, os Piros, os Nahuas e os Kugapakori. Muitos desses grupos humanos habitam as reservas nacionais protegidas pelo Estado peruano. Existe até uma etnia com práticas canibais como os Mashcos. Alguns grupos são organizados para receber visitantes.

Restaurantes e vida noturna em Quillabamba

Quillabamba tem uma vida noturna que atrai seus visitantes, principalmente os moradores da cidade de Cusco. Alguns dos clubes mais recomendados são 'Extreme', 'Entre Copas' e 'Aruca Discoteca'.

A cidade também oferece diversos restaurantes, que oferecem pratos diferenciados da cidade de Cusco, típicos de sua região, como o famoso 'Puchero'. Alguns dos restaurantes mais recomendados são: 'Restaurante Marabi', 'Fundo La Colmena' e 'Restaurante Vichayito'.

Como é o clima?

Quillabamba tem um clima quente devido à sua localização na alta selva de Cusco. Durante o dia a temperatura máxima pode chegar a 30ºC. (86ºF). enquanto à noite a temperatura pode cair para 14ºC. (57,2ºF).

Flora e fauna

Quillabamba possui uma grande diversidade de flora e fauna, típica da região de alta selva do Peru. Destacam-se os cafezais, a cana-de-açúcar, as frutas (manga, laranja, banana, mamão papaia, cherimóia, coco) e o cultivo do cacau. Suas orquídeas e vegetais também são famosos. A famosa folha de coca também é plantada ali.

Entre as espécies de pássaros e animais que habitam a região de Quillabamba são famosas: os ursos de óculos, o galo das pedras, araras, macacos, tucanos, muitas variedades de insetos e muito mais.

O que eu devo trazer?

¿Tours a Quillabamba?

Na cidade de Cusco não há muita oferta de pacotes turísticos para Quillabamba. Talvez uma das rotas mais comerciais sejam as excursões de vários dias a Vilcabamba e Vitcos, os últimos refúgios dos Incas. A melhor maneira de conhecer Quillabamba é ir por conta própria.

Como ir por conta própria?

Para chegar a Quillabamba desde a cidade de Cusco, a melhor opção é pegar o transporte público pela avenida 'Antonio Lorena', localizada a 15 minutos do centro da cidade. Lá partem os ônibus da empresa 'Ampay' cujo custo de viagem é de apenas 15 soles peruanos (5 dólares aproximadamente). A viagem dura em média 4 horas e 24 minutos.

Já em Quillabamba, o visitante pode escolher um dos passeios que se localizam nas proximidades da Praça de Armas do local. Os pacotes turísticos mais populares são para a reserva de Megantoni, Echarati e outros. Também é possível visitar suas piscinas, cachoeiras e outros pontos turísticos por conta própria.

Quillabamba em fotos

Cocalmayo Santa Teresa
Cocalmayo -Santa Teresa
Cascada de Yanay Quillabamba
Veja mais fotos de viajantes

Coisas importantes para saber

Quillabamba é a capital da Província de La Convencion onde também pode visitar muitas atracções turísticas como o 'Santuário Nacional de Megantoni', que possui paisagens impressionantes pouco exploradas até pelos seus próprios habitantes. Um dos seus destinos mais famosos é o 'Pongo de Mainique'. Você pode fazer sua visita com uma agência de turismo local.

A 46 quilômetros de Quillabamba estão os famosos banhos termais da cidade de Santa Teresa, chamados 'Cocalmayo', considerados os melhores de Cusco. Ele pode ser alcançado por transporte público. Esta cidade é famosa porque faz parte da rota de aventura para Machu Picchu (inclui uma caminhada de 2 horas). Está localizado a apenas 6,5 quilômetros em linha reta da cidade Inca.

Quillabamba é mundialmente famosa por seu excelente cacau e café. Nos campos do entorno da cidade existem fazendas que produzem esse produto. Os proprietários recebem com prazer os visitantes que experimentam sorvetes, chocolates e outros produtos derivados do cacau e do café. Você pode visitar qualquer um desses lugares, seja com um tour local ou por conta própria.

Dicas para sua visita

Quillabamba está localizada em uma região tropical onde, ao contrário da cidade de Cusco, os efeitos do mal da altitude não são sentidos. Claro, é importante levar protetor solar e repelente de mosquitos com você. Principalmente se você der um passeio pelos campos do lugar.

Durante a estação chuvosa (principalmente em janeiro, fevereiro e março), alguns trechos das estradas que vão de Cusco a Quillabamba tendem a inundar e cair como resultado das fortes chuvas. Recomenda-se ter um cuidado especial nesta época do ano. Com certeza, a melhor época para conhecer este local é na época da seca: de abril a outubro.

Atracções turísticas perto de Quillabamba

Santa Teresa

Santa Teresa é uma aldeia de Cusco perto de Machu Picchu. É famoso por seus banhos termais de Cocalmayo, seu clima tropical e seus serviços turísticos.

Santa Teresa

Cidade do Cusco

Cusco, capital dos Incas, onde você pode visitar a Catedral, Coricancha, Sacsayhuaman, Qenqo, Pucapucara, Tambomachay, museus, bares, discotecas, etc.

Cidade do Cusco

Yucay

Yucay é uma cidade no Vale Sagrado dos Incas famosa por seu clima agradável, o antigo palácio dos Incas Huayna Capac e Sayri Túpac e muito mais.

Yucay