Mercado San Pedro

O mercado de San Pedro é o centro de comercio mais famoso de Cusco. Suas origens remontam à época colonial, onde diversos comerciantes se encontravam oferecendo seus produtos na rua. Com o passar dos anos, a arquitetura do local mudou, dando lugar a um estabelecimento espaçoso e limpo. Os cidadãos cusqueños se reúnem ali buscando fazer o 'mercado' diário. Mas também se reúnem turistas estrangeiros que procuram comprar comida, lembranças, roupas ou simplesmente tirar uma foto neste local popular.



O que é o mercado de San Pedro?

O mercado de San Pedro é um estabelecimento comercial muito popular em Cusco. É o mercado mais antigo da cidade, que fazia parte da trilha inca que ligava a praça principal (praça Huacaypata nos tempos incas) com o resto do império. Parte de sua fama se deve à proximidade com o centro da cidade. Também à comida e produtos artesanais que oferecem ao visitante. Hoje em dia é um centro com muita riqueza cultural porque estão os Cusco e os turistas.

Onde está localizada? Como chegar?

O mercado está localizado bem no meio da praça San Pedro, a poucos metros da praça principal de Cusco. Você pode chegar lá de táxi, embora a maioria dos visitantes chegue até lá caminhando (percurso de aproximadamente 10 minutos). Para tal, basta subir no sentido oeste, atravessando a praça San Francisco e o Arco de Santa Clara. Qualquer cidadão de Cusco terá o prazer de fornecer referências aos turistas.

Mapa para chegar ao Mercado de San Pedro

História do mercado

Durante a época inca, a área da praça San Pedro fazia parte de uma seção da rede de 'qhapac ñan' (estradas incas) que conectava a praça de Cusco com o resto da cidade em direção ao 'Contisuyo'. Durante a colônia, esse local foi concedido à 'Ordem de Santa Clara'. Durante a era republicada e, com o passar do tempo, devido ao facto de não haver obras alocadas, o local passou a denominar-se 'Pampa de Qasqaparo'. Em frente estava a igreja colonial de San Pedro.

No início do século XX, o prefeito de Cusco Manuel Silvestre Frisancho ordenou a transferência dos mercadores que se instalaram na praça principal e na praça de São Francisco para tornar o comércio da cidade mais saudável, já que em San Pedro funcionava o matadouro municipal. Assim, iniciou-se a construção do novo mercado, que esteve sob a direção do arquiteto francês Gustave Eiffel (o mesmo que projetou a 'Torre Eiffel' em Paris)

Em 1925 o mercado foi inaugurado. A característica mais marcante de sua construção é a cobertura de ferro com colunas resistentes que mantêm as telhas onduladas em pé. Vários anos depois, em 1950, devido ao crescimento populacional da cidade, o mercado se expandiu, adquirindo as dimensões que tem hoje. No total, são 1.180 lojas que oferecem mantimentos, artesanato, roupas e muito mais. O crescimento do turismo tornou um destino popular na cidade.

Produtos alimentícios

O mercado de San Pedro é famoso por suas centenas de produtos comestíveis, incluindo frutas, vegetais, especiarias, bebidas e muito mais, como: milho, cacau, pimentão, quinua, kiwicha, maca e muito mais. Os produtos alimentícios mais populares estão na seção de carnes. São comercializados: cabeças de boi, incluindo focinho, orelhas, língua, testículos e muito mais. Os cusqueños costumam cozinhar 'sopa' com esses produtos.

Produtos artesanais

Embora a princípio não tenha sido criado para essa função, a feira de San Pedro também oferece produtos artesanais para os turistas. Lá o visitante pode comprar cerâmicas, roupas com motivos andinos, ponchos de alpaca, máscaras, instrumentos musicais e todo tipo de souvenirs. Além do mercado de San Pedro, o centro artesanal da avenida El Sol em Cusco é o principal ponto de venda de artesanato.

Restaurantes

Os restaurantes mais baratos em Cusco estão no mercado de San Pedro. Lá, qualquer um pode saborear a deliciosa comida peruana e de Cusco por apenas 5 soles peruanos o prato (aproximadamente 2 dólares americanos). No mercado as 'sopas' de cabeça de gado são famosas. Vale lembrar que a culinária peruana é uma das melhores do planeta. Alguns dos pratos mais famosos são: ceviche, lomo saltado, truta frita, causa recheada e muito mais.

Estação Ferroviária do Peru

Bem em frente ao mercado de San Pedro está a bilheteria do trem Peru Rail. Lá os turistas podem comprar passagens de trem que os levarão à cidade de Machu Picchu. Alguns serviços partem diretamente desta estação chamada 'San Pedro'. No entanto, a maioria dos serviços sai da estação de Ollantaytambo.

Igreja de São Pedro

A igreja de San Pedro é uma construção colonial construída em 1572 no antigo Hospital Natural Nacional. A igreja é constituída por duas torres nas laterais, um imafronte de três corpos, um arco semicircular, nichos, cornija e ornamentos em folha de ouro e prata. No interior, existem pinturas de artistas da chamada 'Escola de Cusco'. Por sua localização, pertence ao Centro Histórico de Cusco, considerado 'Patrimônio Cultural da Humanidade'.

Imagens do mercado de San Pedro

Mercado San Pedro Cusco
Mercado San Pedro Cusco
Mercado San Pedro Cusco
Veja mais fotos de viajantes

Mais informação

O mercado de San Pedro está aberto ao público de segunda a domingo, das 6 da manhã às 7 da noite. Entrar lá é grátis. A maioria das pessoas visita este lugar por conta própria. No entanto, alguns preferem visitá-lo através do 'Walking Tour Cusco'.

Há datas especiais em que o mercado de San Pedro oferece feiras com produtos tradicionais como a famosa 'Pan chuta' (35 centímetros de diâmetro), o cacau (produto de exportação de Cusco), o chiri uchú (guisado característico de Cusco à base de porquinho da índia) e outros. As datas mais especiais para o mercado são: Corpus Christi (início de junho), Inti Raymi (24 de junho), Natal (25 de junho) e muito mais.

Alguns dos centros de alimentação mais famosos de Cusco são: o mercado San Blas, o mercado Wanchaq, o mercado Cascaparo, o mercado Rosaspata, entre outros.

Algumas dicas para sua visita

No mercado de San Pedro você pode encontrar alguns produtos difíceis de encontrar, como 'sal de maras', 'chocolates de cacau Cusco', 'folha de coca', 'cigarros da selva' e muito mais. Não perca a oportunidade de conhecer algumas novidades deste famoso mercado.

A maioria das bancas do mercado não possui um sistema de pagamento com cartão de crédito ou débito. Por isso, a melhor alternativa para fazer compras é levar dinheiro vivo. Você pode fazer seus pagamentos em dólares americanos, embora seja melhor trocar para a moeda oficial do Peru, o 'Novo Sol Peruano'.

O mercado de San Pedro é seguro. Há vigilância 24 horas por dia. Mesmo assim, cuide bem de seus pertences, principalmente se você visitar os arredores longe do mercado (o mercado Cascaparo, o shopping Paraíso, etc.). Recomenda-se visitar o mercado durante o seu horário de funcionamento, que é das 6 da manhã às 7 da noite.

Atracções turísticas perto de Mercado San Pedro

As zonas húmidas de Huasao

As zonas húmidas de Huasao ao sul do Cusco apresentam esculturas em madeira de personagens como Ents, Groot, Baby groot e muito mais. O bilhete custa 2 sóis peruanos.

As zonas húmidas de Huasao

Centro histórico de Cusco

O centro de Cusco conta com locais incas como o Coricancha e a Pedra dos 12 ângulos. Há também restaurantes, bares, discotecas, Hotéis e muito mais.

Centro histórico de Cusco

Pedra de 12 Ângulos

A pedra de 12 ângulos mostra a elaborada arquitetura Inca. Fazia parte do palácio Inca Roca. Fica na rua Hatun Rumiyoq em Cusco.

Pedra de 12 Ângulos