Igreja Andahuaylillas, Capela Sistina da América

Na pequena cidade de Andahuaylillas você encontrará uma das igrejas mais famosas de Cusco. É a igreja de São Pedro Apóstol, conhecida como 'Capela Sistina da América' devido à sua exuberante decoração barroca com telas, murais e tantos outros tesouros que chamam a atenção. Esta igreja faz parte do tour ao Vale Sul. Você também pode visitar este e outros templos religiosos através do 'Circuito Barroco Andino'.



O que é?

A igreja do povoado de Andahuaylillas é uma das mais conhecidas de Cusco por sua decoração exuberante que chama a atenção de qualquer visitante. A arquitectura desta igreja é muito simples: é constituída por um único piso unido a uma torre com campanário, tecto mudéjar, átrio frontal à porta onde se destacam três grandes cruzes. No entanto, essa estrutura discreta contrasta com a bela decoração de interiores, onde se destacam as telas e murais que serviram para doutrinar os 'índios' na época colonial. Hoje, depois de restaurada e preservada, é um dos destinos turísticos mais famosos do 'Vale do Sul'. Também se pode chegar pela 'Rota Barroca Andina'.

Onde está?

A igreja está localizada na cidade de Andahuaylillas, que pertence à província de Quispicanchis, 49 quilômetros a sudeste da cidade de Cusco. Geograficamente está localizado em um vale cercado por montanhas, a 3.122 metros acima do nível do mar (10.242 pés de altitude). A igreja, como é característica das praças coloniais, fica bem em frente à praça principal da cidade.

Como chegar?

Para chegar lá você deve pegar a rodovia sul de Cusco (viagem de aproximadamente 1 hora). A maioria dos visitantes opta por contratar um tour ao 'Vale Sul de Cusco', que já inclui o serviço de transporte. Para ir por conta própria, você deve pegar um táxi ou, muito mais barato, um ônibus público que segue a rota Cusco - Sicuani e descer na cidade de Andahuaylillas. O custo desta viagem é de apenas US $ 1 por pessoa. Uma vez na cidade, basta caminhar até a praça principal e visitar a igreja.

Mapa para chegar à Igreja de Andahuaylillas

História

Os restos de cerâmica indicam que em Andahuaylillas havia grupos humanos muito antes dos Incas, como as culturas Chanapata, Tiwanaku, Wari, Qotakalli, Lucre e Killke. Mais tarde, durante o Império Inca, o local deve ter gozado de grande importância. Isso é demonstrado pelos vestígios de estradas incas (qhapac ñan) perto do local, bem como as duas colinas sagradas que guardam a cidade: o 'apu' Curi Orqo e o 'apu' Wiraconchan (nome que faz alusão ao deus andino 'Wiracocha ').

No século XVI, com o estabelecimento do vice-reinado do Peru, teve início a construção da 'Igreja de San Pedro Apóstol'. Naquela época, a cidade era uma 'redução dos índios' que levava o nome de 'Andahuaylilla La Chica'. Possivelmente na construção foram utilizadas pedras pertencentes a construções incas destruídas. A data de construção do templo é imprecisa (possivelmente entre 1570 e 1606), embora não seja posterior a 1626, que é a data assinada na tela mais antiga da igreja.

A maioria dos murais que adornam a igreja foram executados pelo artista peruano Luis de Riaño durante o século XVII. Grande parte dos tesouros, murais e telas foram encomendados pelo pároco Juan Pérez de Bocanegra. Naquela época, a igreja já tinha grande prestígio. A decoração suntuosa e variada foi o motivo de constantes visitas de personalidades de Cusco. A cidade, como muitas outras comunidades andinas, teve que suportar a pobreza e as consequências da revolução fracassada de Túpac Amaru II em 1780.

Com o estabelecimento da República do Peru, a igreja de Andahuaylillas sofreu danos com o passar do tempo e o terremoto de 1950. Em 1955 e 2008 foram realizadas importantes obras de conservação. Graças a isso, a igreja preserva em bom estado sua bela decoração de interiores, o que lhe valeu o apelido de 'Capela Sistina da América'. Atualmente faz parte do tour ao 'Vale Sul de Cusco' e também ao 'Circuito Barroco Andino', junto com outros templos católicos e sítios arqueológicos incas.

Arquitetura

A arquitetura da igreja é simples. Possui características do Renascimento popular, assim como muitos dos templos cristãos foram construídos nas cidades andinas do Peru. Possui nave única com capelas laterais onde se ergue uma torre sineira. A maior parte de suas paredes é de adobe (mistura de lama com areia e palha).

Tesouros da igreja

Mural do Programa de Evangelização – Este famoso mural é um dos maiores da igreja. Está dividido em duas partes: expõe o caminho para o céu (à direita) e o caminho para o inferno (à esquerda). É dividido por uma porta. Pertence ao artista plástico Luis de Riaño.

Retábulo mor – O altar-mor da igreja apresenta talha barroca com motivos religiosos e forrado a folha de ouro. No topo, destaca-se a figura da Virgen del Rosario. Embora a igreja tenha o nome de San Pedro Apóstol, é esta virgem que se encontra na parte central do retábulo-mor.

Órgão do Rei David e da Rainha – os órgãos de tubos eram amplamente usados ​​na época colonial. Na igreja de San Pedro Apóstol destaca-se o órgão que representa o 'Rei David e a Rainha', atribuído a Luis de Riaño. É apoiado em quatro grandes vigas de madeira. O acesso é feito pela escada que dá acesso à torre sineira.

Órgão de Los Angeles – O segundo órgão da igreja apresenta um coro de anjos tocando instrumentos de cordas. Também é atribuído ao artista Luis de Riaño. Este e o 'Órgão do Rei David e da Rainha' são considerados os dois mais antigos da América.

Batistério – Nesta área da igreja se destaca uma inscrição que diz: “Eu te batizo em nome do pai e do filho e do espírito santo. Amén". O que chama a atenção é que tem suas traduções nas principais línguas da colônia: latim, espanhol, quíchua, aimará e puquina.

Arco do Triunfo – O imenso arco que enquadra o altar-mor é decorado com pintura mural representando a 'Virgem Rainha dos Anjos'. Ele é projetado com o estilo de 'par e junta' no teto. Todo o conjunto dá uma impressão de majestade.

Quanto custa?

Você pode visitar a Igreja Andahuaylillas com o 'South Valley Cusco Tour', que tem um custo aproximado de 70 dólares americanos por pessoa. O serviço também inclui taxas de entrada nos sítios arqueológicos de Tipón e Piquillacta, bem como serviço de transporte e guia turístico.

Você também pode visitar esta famosa igreja através do ingresso do 'Circuito Barroco Andino', que custa 60 soles peruanos (aproximadamente 20 dólares americanos). Este passeio inclui transporte e orientação, bem como uma visita à Igreja da Companhia de Jesus na cidade de Cusco, a Igreja de Canincunca e a Igreja de Huaro.

Se você quiser ir sozinho, deve pagar a quantia de 15 soles peruanos (5 dólares americanos). Uma boa opção é assistir à missa quando a entrada na igreja for gratuita.

Clima de Andahuaylillas

A cidade de Andahuaylillas possui um clima temperado, quente durante o dia e frio à noite. Durante o dia a temperatura pode chegar a 24ºC. (75,2 ° F). À noite, porém, o frio pode cair até 4ºC. (39,2 ° F). De novembro a abril, é a estação mais chuvosa. De maio a outubro é a estação seca, com menos chuvas.

Outras atrações turísticas semelhantes

Igreja da Companhia de Jesus de Cusco – Este templo religioso é um dos mais importantes da cidade de Cusco, depois da Catedral. É na praça principal. Foi construído sobre as ruínas do antigo palácio inca de Amarucancha, que pertencia ao Inca Huayna Cápac. Como o próprio nome sugere, pertence à 'Companhia de Jesus'.

Igreja de Canincunca – A Capela da Virgem Purificada de Canincunca é uma das igrejas menos conhecidas, mas mais bonitas em Cusco. Ele está localizado no distrito de Huaro, ao sul de Cusco. Tem um desenho barroco com decorações em telas da 'Escola de Cusco' assim como altares e molduras em folha de ouro.

Igreja de Huaro – A Igreja de San Juan Bautista de Huaro tem semelhanças com a Capela Sistina da América, pois também é decorada com murais de temática religiosa cujo objetivo era a doutrinação. Ele está localizado na cidade de Huaro, ao sul de Cusco. Junto com a igreja de Canincunca e Andahuaylillas, eles formam o 'Circuito Barroco Andino'.

Imagens da Igreja Andahuaylillas

Interior de la capilla Andahuaylillas
Capilla de Andahuaylillas
Capilla de Andahuaylillas
Veja mais fotos de viajantes

Informação adicional

A entrada na 'Capela Sistina da América' é permitida a pessoas de qualquer idade. No entanto, é proibido tirar fotos no interior. Nem você pode fazer gravações. Isso pode danificar os tesouros desta igreja, que já foram restaurados para preservação.

Você pode fazer um tour ao 'Vale do Sul de Cusco' em qualquer agência de turismo, seja em sua localização na cidade de Cusco ou através do site deles.

Passeios ou ingressos para o 'Circuito Barroco Andino' podem ser adquiridos na porta da 'Capela Sistina da América' na cidade de Andahuaylillas ou na Igreja da Companhia de Jesus na praça principal de Cusco.

Dicas para a visita

A cidade de Andahuaylillas está a 3.122 metros acima do nível do mar (10.242 pés de altura), então você pode sentir alguns dos sintomas do mal-estar da altitude durante sua viagem. Esses sintomas (náuseas, fadiga) geralmente desaparecem por conta própria, dois dias após a adaptação ao clima de Cusco. Uma boa opção para acelerar esse processo é beber bastante água e evitar alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas.

Se você gosta de templos coloniais, aproveite sua visita a Cusco para ver algumas das igrejas mais famosas da cidade: a Catedral de Cusco, a Igreja de San Blas, a Igreja de San Pedro, a Igreja de Coricancha, entre outras. Em horário de massa, a entrada em todos esses sites é gratuita.

Atracções turísticas perto de Igreja de Andahuaylillas

Igreja de San Pedro

A igreja de San Pedro de Cusco é feita de pedra. Foi um antigo hospital até o terremoto de 1650. Preserva obras de arte como pinturas e esculturas.

Igreja de San Pedro

Igreja de Belén em Cusco

O templo nasceu em 1550 como paróquia de índios. O terremoto de 1650 causou sua reconstrução como igreja. Sua principal efígie é a Virgem de Belén.

Igreja de Belén em Cusco

Igreja de San Francisco em Cusco

A Igreja de San Francisco de Cusco possui tesouros como as catacumbas ou a pintura "genealogia da Ordem franciscana", a maior da América do Sul.

Igreja de San Francisco em Cusco