Aguas Calientes, Machu Picchu Povo

Aguas Calientes é a famosa cidade localizada aos pés de Machu Picchu. Lá chegam todos os turistas que visitam a cidade inca porque é lá que fica a estação de trem final e também a estação de ônibus que partem para a maravilha do mundo. Mas esta cidade peculiar não é apenas um lugar de passagem, mas também oferece muitos atrativos turísticos como: banhos termais, as cataratas de Mandor, a montanha Putucusi e muitos hotéis, restaurantes, cafés e muito mais. Estar lá é uma experiência mágica, cheia de boa energia e sorrisos.



Explore Aguas Calientes

A cidade de Aguas Calientes é famosa por estar localizada perto de Machu Picchu. No entanto, esta pequena cidade oferece outros atrativos turísticos que poucos conhecem.

Jardins Mandor

1. Jardins Mandor

Esta área natural é cheia de árvores, flores e animais selvagens. Fica apenas a 30 minutos de Machu Picchu Povo. Inclui as cataratas de Mandor.

Jardins Mandor
Montanha Putucusi

2. Montanha Putucusi

O Putucusi é um dos 3 picos que circundam Machu Picchu junto com o Huayna Picchu e a montanha de Machu Picchu. A caminhada é difícil. A entrada é gratuita.

Montanha Putucusi
Museu do Sítio Machu Picchu

3. Museu do Sítio Machu Picchu

O Museu Manuel Chávez Ballon está localizado na aldeia de Aguas Calientes, a uma curta distância de Machu Picchu. Expõe peças incas, bem como painéis e...

Museu do Sítio Machu Picchu
Banhos termais de Aguas Calientes

4. Banhos termais de Aguas Calientes

Os banhos termais de águas quentes estão a 10 km de Machu Picchu. Está aberto todos os dias das 5h às 8h. O custo é de 20 sóis peruanos.

Banhos termais de Aguas Calientes

O que é Aguas Calientes?

Aguas Calientes, também conhecida como Machu Picchu Povo, é a cidade mais próxima da cidade inca. Seu nome se deve à existência de fontes termais há muito tempo. Recebe milhares de turistas todos os dias. Por isso, está equipado com hotéis, restaurantes, bares e muitos outros serviços turísticos. É aqui que termina a viagem de trem de Cusco. Daqui os ônibus transferem os visitantes para a porta de entrada para Machupicchu. A aldeia é pequena. Não há táxis ou carros, exceto os ônibus de turismo que vão para o sítio arqueológico. Destacam-se suas enormes montanhas e densa vegetação. Para muitos, é um lugar único. O prelúdio perfeito para a tão esperada visita a Machu Picchu.

Onde está? Quão alto é?

O povo de Aguas Calientes está localizada a 73,5 quilômetros em linha reta da cidade de Cusco, no Peru. Ele está localizado a uma altitude de 2.040 metros acima do nível do mar (6.692 pés de altitude). Pertence à província de Urubamba. Ele está localizado próximo ao rio Vilcanota, entre as montanhas da alta selva de Cusco. A apenas 10 quilômetros de estrada está a cidade inca de Machu Picchu.

Mapa do centro histórico de Aguas Calientes

História

O território em que se estabeleceu o povo de Aguas Calientes mostra evidências da presença inca na área. Nas proximidades existem importantes locais incas, como a montanha Putucusi, o rio Vilcanota e até a cidade inca de Machu Picchu. Em 1901, o acampamento 'Maquinachayoq' foi estabelecido na área para a construção dos trilhos do trem que ligavam Cusco à cidade de Santa Ana, na província de La Convencion. Nesse campo, alguns trabalhadores foram estabelecidos para cuidar do maquinário necessário para as obras da ferrovia.

Em 1911, o explorador americano Hiram Bingham chegou a Machu Picchu, que pediu a ajuda da população local para localizar a cidade inca. Os camponeses da área já sabiam da existência deste edifício inca, mas não tinham uma ideia precisa do seu valor real. Em 1931, a construção da ferrovia foi concluída. Porém, a população que habitava esta área acabou ficando no local. Em 1941 foi criada o povo de Machu Picchu, também conhecida como Aguas Calientes por suas fontes termais. Naquela época, os trabalhos de escavação continuam em Machu Picchu.

Lentamente, na cidade de Aguas Calientes, pessoas de todas as partes de Cusco e de outras regiões do Peru se estabeleceram. Enquanto isso, a fama de Machu Picchu crescia e atraía cada vez mais turistas. Em 2007, com a declaração de Machu Picchu como uma das novas 7 maravilhas do mundo moderno; o turismo começou a crescer rapidamente. Assim, a cidade se adapta ao turismo oferecendo todo tipo de serviços como restaurantes, hotéis, bares, lojas de artesanato e muito mais. Atualmente possui aproximadamente 4.500 habitantes. É um dos lugares mais singulares de Cusco, onde o turismo se respira em cada esquina.

Como chegar?

Rota de trem por Ollantaytambo – A grande maioria das pessoas chega a Aguas Calientes por esta rota, que começa na cidade de Cusco com uma viagem de minivan até a cidade de Ollantaytambo (quase 2 horas de viagem). Em Ollantaytambo você deve embarcar em um dos trens que, em mais 2 horas, levará o visitante até a estação final, na aldeia de Aguas Caliente. Esta rota pode ser modificada com uma viagem direta de trem de Cusco ou de alguma de suas outras estações.

Rota alternativa por hidrelétrica – Esta rota é mais longa, mas menos cara do que a clássica viagem de trem por Ollantaytambo. Começa na cidade de Cusco com uma viagem de aproximadamente 6 horas até a estação ferroviária Hidroeléctrica, localizada na região tropical de Cusco. De lá, você pode fazer uma curta viagem de trem (30 minutos), mas a maioria das pessoas prefere caminhar por cerca de 2 horas até chegar à cidade de Aguas Calientes. Esta rota é a preferida por jovens aventureiros.

Quais são as atrações de Aguas Calientes?

Machu Picchu – A antiga cidade inca cuja beleza atrai mais de 1,5 milhão de turistas a cada ano. A perfeição de seus templos, suas montanhas desafiadoras e suas paisagens nubladas são a grande atração deste lugar, que foi eleito uma das 7 novas maravilhas do mundo moderno em 2007. Aguas Calientes é a cidade mais próxima, por isso é beneficiada com a chegada de milhares de turistas todos os dias.

As fontes termais – Na parte mais alta da cidade de Aguas Calientes corre uma fonte de fontes termais. Essas águas oferecem um agradável descanso aos turistas antes ou depois de visitar Machu Picchu. As águas têm uma temperatura que varia entre os 38ºC. e 46ºC. O custo de entrada é de 20 soles por turista estrangeiro (6 dólares americanos aproximadamente).

Montanha Putucusi – Uma das montanhas que circunda Machu Picchu é a 'Putucusi', uma palavra quíchua que significa 'Montanha Feliz'. Desde a cidade de Aguas Calientes começa a difícil caminhada até o topo deste cume. O percurso inclui trechos muito íngremes e escorregadios. No entanto, a parte mais difícil é subir uma corda muito íngreme e uma escada de madeira. A visita a esta montanha é gratuita.

As Cataratas de Mandor – As Cataratas de Mandor são um dos segredos mais bem guardados de Aguas Calientes. É um ambiente natural de densa vegetação onde se avista uma cachoeira de até 30 metros. Para chegar lá, é preciso caminhar cerca de 40 minutos. A entrada nesta rota custa 10 soles peruanos por pessoa (3 dólares americanos). Não são muitos os turistas que se atrevem a ir lá para que o visitante possa desfrutar do lugar por si mesmo.

Museu do Sítio de Machu Picchu – O museu do sítio de Machu Picchu é chamado de 'Manuel Chávez Ballón' em homenagem ao explorador peruano que lá trabalhou. Possui algumas peças e ferramentas cerâmicas e líticas encontradas nas escavações de Machu Picchu. A entrada está incluída em todos os ingressos para Machu Picchu. O horário de funcionamento é todos os dias das 8h às 16h. Ele está localizado no meio da estrada de Aguas Calientes a Machu Picchu. Você pode chegar a pé (30 minutos) ou de ônibus (5 minutos).

Onde comer?

Na cidade de Aguas Calientes existem muitos restaurantes de qualidade e preços variados. O mais barato de todos são as barracas de comida no mercado de alimentos da cidade (localizado a poucos passos da praça principal). Os turistas também podem optar por saborear pratos requintados em alguns dos seguintes restaurantes: El Indio feliz, Cala Tratoria, Café de Paris, Ylla Fusion, Dulce Gourmet Grill, Café Bar Bijao, Restaurante El Mapi ou o Tinkuy Buffet (o único localizado ao lado para Macchu Picchu).

Onde ficar?

Em Aguas Calientes existem muitos hotéis e hospedagens, desde serviços compartilhados para 'mochileiros' até hotéis 5 estrelas com todo o conforto. O serviço mais económico é optar por pernoitar no 'parque de campismo municipal, que permite numa zona verde montar uma tenda de campismo. Também inclui chuveiros e banheiros. O custo deste serviço é de 15 soles peruanos por noite (5 dólares americanos). Existem também alojamentos básicos que custam 40 ou 50 soles por noite (de 13 a 16 dólares americanos). Os hotéis mais luxuosos são: o Sanctuary Lodge, o Sumaq Hotel, o Inkaterra Hotel, o Casa del Sol, entre outros. Os preços por noite para os hotéis mais luxuosos variam de $ 300 a $ 600 por noite.

Estação ferroviária Aguas Calientes

A estação ferroviária de Aguas Calientes recebe serviços de Cusco. Estima-se que receba mais de 3.000 turistas por dia. Ele está localizado dentro do mercado de artesanato da cidade. Uma vez lá, você deve caminhar fora do mercado para pegar um dos ônibus que levam o visitante a Machu Picchu. Para voltar a Cusco, você deve pegar os trens nesta estação. As companhias ferroviárias Peru Rail e Inca Rail oferecem diferentes tipos de serviços para a viagem a Cusco. A estação também possui bilheteria, sala de embarque e sala de espera.

A estação de onibus

A rodoviária da cidade de Aguas Calientes está localizada na avenida Hermanos Ayar, no meio da cidade. Os ônibus que saem de lá são ecológicos (não agridem o meio ambiente). Eles saem a cada 10 minutos. A viagem ao sítio arqueológico de Machu Picchu leva apenas 30 minutos. Uma opção é subir (2 horas de caminhada morro acima). De um lado do ponto de ônibus fica a bilheteria, onde você pode comprar as passagens. Esses ônibus são os únicos veículos que você verá na cidade, já que não há táxis ou outro tipo de carro.

O mercado de artesãos

A feira de artesanato é um lugar muito procurado pelos turistas que visitam Aguas Calientes. É um espaço confortável para a venda de artesanatos como: camisas pólo, cerâmicas, joias, roupas de alpaca, instrumentos musicais, máscaras, pinturas e outros. O mercado está localizado próximo à estação de trem, próximo ao rio Vilcanota. A maioria das pessoas decide fazer suas compras, após a visita a Machu Picchu e antes de embarcar no trem que os levará de volta a Cusco.

O mercado de alimentos

O mercado de alimentos oferece diversos tipos de mantimentos, utensílios e mantimentos, não só para a população local, mas também para os turistas. Lá o visitante pode estocar frutas, bebidas e lanches a bom preço. Mas, acima de tudo, você pode saborear pratos típicos peruanos a preços acessíveis, se compararmos com restaurantes turísticos. Por exemplo, um menu (entrada e prato principal) custa apenas 8 soles peruanos (3 dólares americanos, aproximadamente). Ele está localizado a poucos passos da praça principal da cidade. A praça de alimentação fica no segundo andar.

Como é o clima?

Aguas Calientes possui um clima temperado quente, agradável para o visitante. A temperatura máxima durante o dia pode chegar a 24ºC. (75,2 ° F). À noite, a temperatura pode cair para 8ºC. (46,4 ° F). As chuvas são mais constantes nos meses de janeiro, fevereiro e março. No resto do ano, é menos provável que chova. Segundo quem já passou pela cidade, a melhor época para ir é nos meses de maio, junho, julho e agosto.

Imagens de Aguas Calientes

Bus en Aguas Calientes
Primeros buses de la madrugada en Aguas Calientes
Estación de buses en Aguas Calientes
Veja mais fotos de viajantes

Algumas coisas que você deve saber

Aguas Calientes tem um escritório de vendas de ingressos para Machu Picchu. No entanto, devido à disponibilidade limitada de ingressos, a melhor opção é comprar os ingressos online com antecedência. Houve casos de turistas que quiseram comprar sua passagem em Aguas Calientes, um dia antes da visita, e não encontraram disponibilidade.

Aguas Calientes está localizada a apenas 2.040 metros acima do nível do mar (6.692 pés). Nessa altitude, é menos provável que o visitante sinta os sintomas do mal-estar da altitude (dor de cabeça, fadiga, náusea). Também é recomendável beber bastante água, evitar bebidas alcoólicas e alimentos gordurosos. É assim que o mal da montanha é melhor combatido.

Como a viagem de trem é a única maneira de fornecer produtos para a cidade de Aguas Calientes, os preços dos mantimentos costumam ser um pouco mais caros do que na cidade de Cusco. Uma boa opção é ir a esta cidade com os utensílios necessários e mantimentos comprados em Cusco. Por exemplo, na cidade uma garrafa de água natural custa 1 sol, enquanto em Aguas Calientes custa 2 soles.

Dicas para sua visita

Muitos turistas fazem viagens de apenas um dia para Machu Picchu. Portanto, eles não têm tempo para conhecer melhor Aguas Calientes. Por este motivo, é recomendável usar pelo menos 2 dias para visitar Machu Picchu e, aliás, conhecer bem esta cidade.

Se você tem mais de 1 dia para visitar Machu Picchu, vá em frente e visite os banhos termais. O melhor a fazer é depois de visitar a cidade inca, seja à noite ou no dia seguinte pela manhã. Os banhos termais estão abertos ao público das 5 da manhã às 7:30 da noite.

Traga uma câmera para capturar as belas paisagens, não só de Machu Picchu, mas também de Aguas Calientes. A cidade possui impressionantes paisagens montanhosas. Além disso, em toda a cidade, você pode ver esculturas com motivos incas e andinos, feitas por artistas de Cusco.

Atracções turísticas perto de Aguas Calientes

Montanha Putucusi

O Putucusi é um dos 3 picos que circundam Machu Picchu junto com o Huayna Picchu e a montanha de Machu Picchu. A caminhada é difícil. A entrada é gratuita.

Montanha Putucusi

Banhos termais de Aguas Calientes

Os banhos termais de águas quentes estão a 10 km de Machu Picchu. Está aberto todos os dias das 5h às 8h. O custo é de 20 sóis peruanos.

Banhos termais de Aguas Calientes