O vulcão Misti

O vulcão Misti é tão famoso quanto a própria cidade de Arequipa. É considerada o símbolo da cidade, pois se destaca por suas ruas e praças. Sua cratera está inativa e fica a apenas 18 quilômetros do centro da cidade. Sua elevação é de 5.822 metros acima do nível do mar (elevação de 19.101 pés). O passeio por lá costuma durar 2 dias e inclui uma noite de acampamento de onde você pode ver as luzes da 'cidade branca'.


Descrição

O Misti (um homem branco na língua quíchua) é um vulcão inativo localizado no sopé do vale do rio Chili, a 18 quilômetros da cidade de Arequipa. Na visão dos cidadãos de Arequipa, simboliza um ' Apu ' (senhor) protetor da cidade. O material vulcânico 'ashlar' formado há milhares de anos foi usado para a construção de casas e templos durante a era colonial. Ele está localizado entre os vulcões Chanchani e Picchu Pichu Picchu.

A pesquisa no vulcão Misti sugere que houve uma grande erupção durante o governo do Inca Túpac Yupanqui no século 15. A propósito, em 1998, túmulos incas de sacrifício de crianças foram encontrados no centro da cratera. Atualmente, o vulcão está inativo. A rota de 2 dias ao vulcão Misti inclui uma noite de acampamento e um passeio de aproximadamente 10 horas. De lá você tem uma vista espetacular da cidade de Arequipa, seus vulcões, montanhas cobertas de neve e paisagens.

Altura

O vulcão Misti está localizado a 5.822 metros acima do nível do mar (19.101 pés de altitude).

Onde está?

O vulcão Misti está localizado no departamento de Arequipa, no sul do Peru. Ele está localizado a apenas 18 quilômetros do centro da 'cidade branca'. Geograficamente, está localizado entre os vulcões Chanchani (6.055 metros) e Pichu Picchu (5.665 metros).

Como chegar?

A única maneira de chegar ao topo do vulcão Misti é caminhando, sejam 2, 3 dias ou mais. A primeira parte do trecho deve ser feita em transporte terrestre.

Mapa

História

O vulcão Misti tem aproximadamente 800 mil anos. Durante o período Inca, como as montanhas andinas mais importantes, foi considerado um 'Apu' ou senhor de grande importância. Estudos geológicos indicam até 5 pequenas atividades vulcânicas no século XX. No século 15, durante o reinado do Inca Túpac Yupanqui, o vulcão entrou em erupção causando danos à população. Por causa disso, os Incas realizavam rituais de 'Capacocha' (sacrifícios de crianças) para acalmar a raiva dos 'apu'.

Durante a época colonial, muitas das casas, palácios e templos da cidade de Arequipa foram construídos com sillar (pedra branca formada a partir da deposição de cinzas produzida pelo vulcão Misti). Por isso, Arequipa é conhecida como a 'cidade branca'. A última intensa atividade vulcânica foi em 1870. Atualmente, o Misti é considerado um símbolo da cidade de Arequipa.

Rota de caminhada até o vulcão Misti

O vulcão Misti é uma atração turística de Arequipa, que pode ser alcançada após uma caminhada de 2 dias.

Dia 2 – A viagem começa na cidade de Arequipa, com viagem de veículo até a base do 'Misti', a uma altitude aproximada de 3.300 metros acima do nível do mar (10.826 pés). A partir daí começa uma rota de caminhada de aproximadamente 5 horas até o acampamento onde você pernoitará. A paisagem oferece uma bela vista da cidade de Arequipa, das estrelas, do vulcão Misti e do conjunto de montanhas nevadas dos Andes ao seu redor.

Día 2 – Nesse dia será feita a subida final de aproximadamente 5 horas até a cratera do vulcão Misti, localizado a uma altitude de 5.822 metros acima do mar (19.191 pés). Lá as vistas panorâmicas da cidade e seus arredores são ainda melhores. Finalmente, você retornará a pé ao acampamento onde o carro levará os visitantes de volta à cidade de Arequipa.

Preço de visita

Os passeios de 2 dias ao vulcão Misti custam aproximadamente US $ 80 por turista.

O que levar?

Clima

O clima no vulcão Misti é extremamente frio, com temperaturas noturnas tão baixas quanto -15ºC. (5ºF). Durante o dia, o calor pode chegar a 5ºC. (41ºF). A estação mais chuvosa ocorre de novembro a março. A estação menos chuvosa, mas a mais fria, é de abril a outubro.

Quando ir?

A estação mais chuvosa ocorre de novembro a março. A estação menos chuvosa, mas a mais fria, é de abril a outubro. Segundo especialistas, a melhor época para visitar o vulcão Misti é de abril a outubro (principalmente em maio, junho e julho).

Fotos do vulcão Misti

Volcan Misti - Arequipa
Volcan Misti - Arequipa
Volcan Misti - Arequipa
Veja mais fotos de viajantes

Mais informação

Na expedição de 1998 realizada pelos arqueólogos José Antonio Chávez e Johan Reinhard, foram encontrados os restos mortais de seis esqueletos de crianças incas, que foram sacrificados na cerimônia conhecida como 'capacocha'. É o primeiro achado de uma grande tumba, que atualmente se encontra no museu dos Santuários Andinos da cidade de Arequipa.

Embora o vulcão Misti esteja atualmente inativo, sua atividade vulcânica continua a gerar terremotos e fumarolas. De acordo com estudos geológicos nos últimos 50.000 anos, o vulcão Misti entrou em erupção 12 vezes. O último durante o século XV, em plena época do Império Inca. A maior parte dos produtos expulsos se instalou na cidade de Arequipa. Segundo especialistas, o vulcão pode entrar em erupção novamente.

Alguns conselhos

El Misti é o vulcão mais famoso do Peru. É um dos maiores símbolos da cidade de Arequipa. Durante a sua viagem, não perca a oportunidade de visitar outros atrativos turísticos, como: o cânion Colca, o vale Majes, a reserva nacional Salinas e Aguada Blanca e o mirante Yanahuara.

O vulcão Misti está em grande altitude. Para uma melhor visita é aconselhável se adaptar à geografia de Arequipa, um ou dois dias antes. Para neutralizar os sintomas do mal da altitude, você pode beber bastante água (o chá de coca é uma excelente opção).

Atracções turísticas perto de O vulcão Misti

Cachoeira Pillones e floresta de pedras Imata

Pillones é uma das mais belas paisagens de Arequipa. Imata possui figuras naturais produto da erosão. Ambos os sites estão incluídos em um único tour.

Cachoeira Pillones e floresta de pedras Imata

O nevado Chachani em Arequipa

O nevado Chachani fica a 45 km de Arequipa. O passeio dura 2 dias e é um dos mais acessíveis. O frio e a altura podem dificultar a caminhada

O nevado Chachani em Arequipa