O moinho de Sabandía

A apenas 30 minutos de carro do Centro Histórico de Arequipa você chegará ao Moinho Sabandía, uma das atrações turísticas mais famosas da cidade. O local possui um moinho fabricado na época do vice-reinado que se encontra em perfeito estado de conservação. O local é cercado por uma vegetação abundante. A casa onde fica o moinho também abriga vários animais como lhamas, alpacas, pavões e muito mais. Visitar o local é voltar no tempo. Está incluído no 'City tour Campiña'.


Descrição

O moinho Sabandía é uma quinta com centenas de anos de existência onde se destaca a presença de um moinho de água construído em 1621 e que se encontra em bom estado. Este antigo edifício é feito de silhar, a pedra vulcânica mais representativa da 'Cidade Branca'.

O trigo que abastecia os habitantes locais era moído ali. O moinho está localizado em uma propriedade rural com muros altos, abóbadas e áreas verdes perto de um riacho. O local possui algumas estruturas da época colonial. Lá você também pode ver animais nativos do Peru, como lhamas, alpacas e muito mais. Atualmente funciona como restaurante. É um dos destinos turísticos mais visitados de Arequipa.

Onde está?

O moinho Sabandía está localizada no distrito de mesmo nome na região de Arequipa, a cerca de 10 quilômetros por estrada da praça principal.

Como chegar?

Partindo da praça principal, você pode pegar um táxi que irá cobrar aproximadamente 15 soles peruanos (5 dólares americanos). Outra opção é pegar um ônibus, que por 2 soles peruanos o deixará perto do moinho.

Mapa

História

O moinho de Sabandía foi construído em 1621 por ordem de D. García de Vargas Machuca ao mestre arquitecto Francisco Flores. Por muitos séculos, o moinho forneceu farinha para a população local. Grande parte de sua arquitetura é feita do famoso silhar, uma pedra vulcânica com a qual a maioria dos edifícios no centro da cidade foi construída.

Após mais de 4 séculos, o moinho foi abandonado e esquecido. Em 1973, o banco hipotecário central do Peru tomou posição do moinho para conseguir sua restauração. O arquiteto responsável foi Luis Felipe Calle que conseguiu recuperar este importante monumento histórico da cidade. Atualmente é uma das atrações turísticas mais famosas da região.

O moinho de Sabandía

O moinho Sabandía aproveita a força de um riacho próximo cujas águas são duplamente canalizadas. É assim que as volanderas se movem e esmagam o milho, o trigo, etc. O sillar destaca - se com a sua brancura na fachada do moinho.

O edifício é de planta retangular rodeado por altos muros e abóbadas. O campo se destaca por suas árvores exuberantes, onde é possível avistar lhamas, alpacas, pássaros e até um pavão.

Quanto custa a visita?

O ingresso de entrada para adultos custa 10 soles peruanos (cerca de 3 dólares americanos, aproximadamente). Crianças e idosos pagam 5 soles peruanos por sua renda (cerca de 1,5 dólares americanos, aproximadamente).

Outra opção para visitar o moinho de Sabandía é contratar um 'City Tour Campiña', que também inclui outros atrativos turísticos como: o miradouro Sachaca, o casarão do Fundador e as plataformas da Paucarpata. O custo do serviço é de 50 soles por pessoa (15 dólares americanos por pessoa, aproximadamente).

O que mais ver?

Mansão do Fundador- É uma fazenda colonial (construída no século 16). É constituído por recintos, terraços, capelas, jardins, abóbadas e muito mais. Em 1785 o lugar foi adquirido por Dom Juan Crisóstomo de Goyeneche y Aguerreverre, que foi modificado até adquirir a forma de hoje.

O miradouro Sachaca- Este famoso miradouro está localizado no distrito de Sachaca, de onde você tem uma vista impressionante da cidade de Arequipa. Localiza-se a 15 minutos do centro da cidade. A entrada custa apenas 1 sol peruano. Você deve subir várias escadas para chegar ao nível mais alto e poder observar as belas paisagens.

As plataformas de Paucarpata- No distrito de Paucarpata localiza-se este conjunto de plataformas de origem inca, que serviam para o cultivo de diversos produtos agrícolas como milho, quinua, batata e muito mais. O local fica a 15 minutos do centro histórico da cidade. De lá, você tem uma boa vista do vulcão Misti.

Fotos

Molino de Sabandía - Arequipa
Molino de Sabandía - Arequipa
Molino de Sabandía - Arequipa
Veja mais fotos de viajantes

Mais informação

O moinho Sabandía, entre as inúmeras construções que oferece ao visitante, inclui uma escada em silhar situada na parte posterior do moinho. Como esta, muitas estruturas no local são feitas com essa pedra vulcânica branca.

O moinho Sabandía é considerado um monumento emblemático da arquitetura rural mestiça da cidade de Arequipa. Atualmente também faz parte do Patrimônio Cultural da Nação.

O horário de visita à fábrica é das 9 da manhã às 5 da tarde. No bairro de Sabandía também é possível encontrar restaurantes e serviços de hospedagem.

Dicas

Durante a sua visita ao moinho não se esqueça de levar consigo chinelos confortáveis ideais para caminhadas. Além disso, não se esqueça da câmera e do dinheiro extra, caso queira visitar o restaurante.

Durante a sua visita à cidade de Arequipa, além do moinho Sabandía, aproveite para conhecer outras estruturas coloniais de grande importância como a Catedral da cidade, a igreja da Companhia de Jesus, o convento de Santa Catalina e muito mais. Uma boa opção para visitar esses lugares é comprar um 'City Tour' por meio de uma agência de turismo.

Atracções turísticas perto de O moinho de Sabandía

O bairro de San Lázaro em Arequipa

San Lázaro é o bairro mais antigo de Arequipa. É famosa por suas ruas estreitas, casas de sillar, história e muito mais. Acredita-se que a cidade foi fundada lá.

O bairro de San Lázaro em Arequipa

O mercado de San Camilo em Arequipa

O mercado é Patrimônio Cultural do Peru e Patrimônio Histórico de Arequipa. Ali estava a Igreja São Camilo que ficou destruída no terremoto de 1868

O mercado de San Camilo em Arequipa

O miradouro Yanahuara em Arequipa

O Miradouro de Yanahuara é um dos lugares mais fotografados de Arequipa. Foi construído no século XIX. Perto está a Igreja e Praça Yanahuara.

O miradouro Yanahuara em Arequipa